quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Minha Gravidade É Centrada



Tempo do Suéter

Tudo que eu sou é um homem

Eu quero o mundo em minhas mãos
Eu odeio a praia
Mas eu permaneço
Na Califórnia com os meus pés na areia
Use as mangas do meu suéter
Vamos ter uma aventura
Cabeça nas nuvens, mas minha gravidade é centrada
Toque o meu pescoço e eu tocarei o seu
Você nesses pequenos shorts de cintura alta, oh
Ela sabe no que eu penso
E o que eu penso
Um amor, duas bocas
Um amor, uma casa
Sem camisa, sem blusa
Apenas nós, você vai descobrir
Nada que eu não queira te contar, não
Porque está muito frio
Para você aqui e agora
Então me deixe segurar
Suas duas mãos nos bolsos do meu suéter
E se eu pudesse somente tirar o seu fôlego
Eu não ligo se não tem muito o que dizer
Às vezes o silêncio guia sua mente
E te move para um lugar tão distante
Os arrepios começam a chegar
O momento em que minhas mãos encontram sua cintura
E então eu vejo seu rosto
Coloco meu dedo em sua língua
Porque você ama o gosto, yeah
Estes corações adoram
Toda a pulsação acelerada
Aqui dentro está quente
Lá fora começa a chover
Vamos lá
Um amor, duas bocas
Um amor, uma casa
Sem camisas, sem blusas
Apenas nós, você vai descobrir
Nada que eu realmente queira te contar, não, não, não
Porque está muito frio
Para você aqui e agora
Então me deixe segurar
Suas duas mãos nos bolsos do meu suéter
Porque está muito frio
Para você aqui
Então me deixe segurar
Suas duas mãos nos bolsos do meu suéter
Whoa, whoa
Whoa, whoa, whoa
Whoa, whoa
Porque está muito frio
Para você aqui e agora
Então me deixe segurar
Suas duas mãos nos bolsos do meu suéter
Porque está muito frio
Para você aqui e agora
Então me deixe segurar
Suas duas mãos nos bolsos do meu suéter
Está muito frio
Está muito frio
Os bolsos do meu suéter
...

terça-feira, 19 de setembro de 2017

É Tudo O Que Eu Escondo



Arma de Caça

Se eu fosse jovem, fugiria desta cidade

Enterraria meus sonhos debaixo da terra
Assim como eu, nós bebemos para morrer
Nós bebemos essa noite
Longe de casa, armas de caça
Vamos abatê-los um por um
Nós vamos derrubá-los
Não foram encontrados, não estão aqui
Que comece a caçada
Tudo ocorre como deve
Que comece a caçada
Derrube o grande rei
Que comece a caçada
Tudo ocorre como deve
Que comece a caçada
Derrube o grande rei
E rompe através do silêncio do nosso acampamento à noite
E rompe através da noite, a noite toda, a noite toda
E rompe através do silêncio do nosso acampamento à noite
E rompe através do silêncio
Tudo o que sobrou é tudo o que eu escondo
...

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Seus Três Olhos Lunares



Carmensita

Ai, seu primo avermelhado
Com barba mal feita
E cheio de baleia
Inclinando se ao sol
Ah o seu raio de luz vermelha
Beijando a nossa boca
O beijo que te sopra
Cheira a couve

Seus três olhos lunares
Extraterrestres
Entram quando saem
Por isso não se veem
Ah sua barba vermelha
Travessa e rebelde
Faço a barba com uma espada
Mas devolvo

Se a noite te persegue
Entregue-se a ela
Ou diz que tem dor de cabeça
A sombra do reflexo
Me dê algo doce
Como o seu amor
E cago o inferno

Adeus, adeus, adeus
Primo fazendeiro
Olá Bernardo

Ah, seus olhos vermelhos
Azuis e alaranjados
Amarelo, verde e marrom
Meu amor, envolto em seu coração
Não o solte por favor
Nós somos como os elefantes e cobras semelhantes
Tomando cachaça
No sol
A partir de uma flor

...