domingo, 30 de dezembro de 2012

Que a Gente Se Esqueceu



Vamos Para O Espaço?

Mais uma vez
Eu vi que ela queria
Ficar
Mas não sabia
Por onde começar
A dar sinais de uma desculpa convincente
Margaridas explodem no asfalto
O céu imóvel na tela da janela
E o meu coração
Abandonado
Procurando por alguma emoção
Pode ser que eu fique mais um dia
Mais uma noite sangra na cortina
E mais uma vez, quem sabe
Eu altere os meus planos
Baby
Vamos para o espaço!
Vamos para o espaço!
Eh bem verdade
Que todo esse mistério que ilumina esse rostinho lindo
É somente sexo, luxúria, metamorfose e carnaval
E pode ser
Que eu fique mais um dia
Mais uma noite de psicodelia
E mais uma vez, quem sabe,
Eu altere os meus planos
Baby
Vamos para o espaço
Vamos para o espaço
E você sabe
Agora é tarde
Chega de verdade
Pois a gente tem o mundo inteiro pela frente
Cheio de incertezas
E lá embaixo
A paisagem paralisada
Anuncia misérias embelezadas
A prazo
Enquanto a gente bebe as nossas lágrimas
Num disco voador
Ouvindo o som do céu
Banhados de luz
Sem tempo e sem lugar
A gente a se amar
No meio do fim
Flutua meu amor
Vou sempre te cuidar
Vou sempre te cuidar
Por todo esse céu
Que a gente se esqueceu
Que a gente se esqueceu

 ...

sábado, 29 de dezembro de 2012

Para Testar Suas Invenções



Você pode por favor rastejar pra fora da sua janela?

Ele senta-se no seu quarto, seu túmulo, com um punho cheio de tachas
Preocupado com sua vingança
Xingando os mortos que não podem responder-lhe de volta
Tenho certeza de que ele não tem intenções
De olhar o seu caminho, a menos que seja para dizer
Que ele precisa de você para testar suas invenções.
 
Por favor você pode rastejar para fora da sua janela?
Use seus braços e pernas, não vai arruinar a você
Como você pode dizer que ele vai assombrá-lo?
Você pode voltar para ele a qualquer hora que você quiser.

Ele parece tão verdadeiro, é assim que ele se sente
Tentando descascar a lua e expô-la
Com sua raiva e seus cães de caça eficiente que se ajoelham
Se ele precisa de um terceiro olho ele apenas cresce,
Ele só precisa de você para falar ou para entregar-lhe o giz
Ou buscá-lo depois que ele joga.

Por favor você pode rastejar para fora da sua janela?
Use seus braços e pernas não vai arruinar a você
Como você pode dizer que ele vai assombrá-lo?
Você pode voltar para ele a qualquer hora que você quiser.

Por que ele parece tão justo, enquanto o seu rosto está tão mudado
Você está com medo da caixa em que você o mantém
Enquanto seus tolos do genocídios e seus amigos reorganizam
Sua religião das dez mulheres
pequenas
Que apoia seus pontos de vista, mas seu rosto é tão machucado
Venha a escuridão está começando.

Por favor você pode rastejar para fora da sua janela?
Use seus braços e pernas, não vai arruinar a você
Como você pode dizer que ele vai assombrá-lo?
Você pode voltar para ele a qualquer hora que você quiser.


(Bob Dylan)
...

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

O Garoto Nunca Envelhece



O Garoto Soldado Quebrado

Estou tirando dúvidas da minha estante
Estou perdindo perdão
Estou pedindo por mim mesmo
E eu quero que você saiba disso
E eu quero que você saiba disso

Você está vendo um monte de brinquedos
Que me foram dados
Só pegue os que quiser e então
Dê o resto para minha família

Estou voltando para a escola hoje
Mas estou me retirando
Estou jogando fora as cenas de infância
Estou cansado de me enganar
Cansei de me enganar

Bem, sou criança e homem e criança novamente
O garoto soldado quebrado de brinquedo
O garoto nunca envelhece
O garoto nunca envelhece
O garoto nunca envelhece
O garoto nunca envelhece
O garoto nunca envelhece
Nunca envelhece
O garoto soldado quebrado de brinquedo
O garoto
O garoto
...
 

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Divertido Fazer Algo Errado



Meu Jeito Favorito

Tente se fazer completamente mudo
Viva essa vida com estilo para se fazer forte
Este não é meu jeito favorito
Tente acertar aquele pequeno espaço

Sem dinheiro, sem amor
Confie em mim gata, é tão divertido

Tente se fazer completamente mudo
Viva essa vida tão doidão pra se fazer forte
Este não é meu jeito favorito

Tente acertar aquele pequeno espaço
Sem dinheiro, sem amor
Confie em mim gata é tão divertido
Fazer algo errado
Sem dinheiro, sem amor

Então me leve, e se você não me matar garota
Vamos começar a fazer sem esperança
Eu posso te achar querida, nessas 6 segundas
Eu quero muito melhor, amor não importa

...

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Filósofo - Eduardo Marinho


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

E Deixe os Pedaços Caírem


domingo, 16 de dezembro de 2012

Eu Não Sabia Que a Amava




Carta de Morte

Recebi uma carta hoje de manhã
Você lembra o que dizia nela?
Dizia que a garota que você ama está morta
Recebi uma carta hoje de manhã
Você lembra o que dizia nela?
Dizia, 'se apresse'
Porque a garota que você ama está morta.

Bem, eu arrumei a minha mala
Tomei o rumo da estrada
Quando cheguei lá estava ela
Deitada na placa de resfriamento
Eu arrumei a minha mala
E tomei o rumo da estrada
Quando cheguei lá estava ela
Deitada na placa de resfriamento

Parecia que dez mil pessoas
Estavam em pé ao redor da cova
Eu não sabia que a amava
Até que eles começaram a descê-la
Parecia que dez mil pessoas
Estavam em pé ao redor da cova
Bem, não sabia que eu amava
Até que eles começaram a descê-la.

Sabe, é tão difícil amar
Alguém que não te ama
Não existe satisfação
Não importa o que você faz
Tão difícil amar
Bem alguém que não te ame
Não sinto nenhuma satisfação
Não importa o que você fizer.

Bem, eu levantei esta manhã
Ao romper do dia
Abraçando o travesseiro
Onde ela costumava deitar
Levantei esta manhã
Acredito que ao romper do dia
Apenas abraçando o travesseiro
Onde minha amada costumava deitar-se.

...
 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

A Mente, o Corpo é Diferente



Velha Roupa Colorida

Você não sente nem vê
Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo,
Que uma nova mudança em breve vai acontecer.
E o que há algum tempo era novo, jovem,
Hoje é antigo, e precisamos todos, rejuvenescer.

Nunca mais meu pai falou: -She's leaving home!
E meteu o pé na estrada, like a Rolling Stones.
Nunca mais você buscou sua menina
Para correr no seu carro (loucura, chiclete e som).
Nunca mais você saiu à rua em grupo ou reunido
O dedo em V, cabelo ao vento, amor e flor, que é do cartaz.
No presente a mente, o corpo é diferente,
E o passado é uma roupa que não nos serve mais.
No presente a mente, o corpo é diferente,
E o passado é uma roupa que não nos serve mais.

Você não sente nem vê
Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo,
Que uma nova mudança em breve vai acontecer.
E o que há algum tempo era novo, jovem,
Hoje é antigo, e precisamos todos, rejuvenescer.

Como Poe, poeta louco americano, eu pergunto ao passarinho:
-Black Bird, o que se faz?
Raven, rever, raven, rever, raven.
Black Bird me responde: -Tudo já ficou atrás.
Raven, rever, raven, rever, raven.
Assum Preto me responde: -O passado nunca mais.

Você não sente nem vê
Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo,
Que uma nova mudança em breve vai acontecer
E o que há algum tempo era novo, jovem,
Hoje é antigo, e precisamos todos, rejuvenescer.

E precisamos todos, rejuvenescer.
...

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Eu Sinto Meu Começo Perto



Embrião

Tudo é amor, é tudo que eu sou
Uma bola é tudo que eu sou.
Então eu sou novo comparado á você
Eu sou muito pequeno.

Viva e quente, a lua desabrocha
Sempre preciso de mais uma salinha
Esperando aqui, pareço com os anos
Nunca vejo a luz do sol

Por todo lado escuto estrondos
Vem um mormorão em meu ouvido
Vermelha a luz e escura a noite
Eu sinto meu começo perto

Viva e quente, a lua desabrocha
Cochicho baixo, aqui vou eu
Eu vou ver a luz do sol
...

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Trecho do Filme "They Live"



Trecho do Filme "They Live"

John Nada (Roddy Piper) é um trabalhador braçal que chega a Los Angeles e encontra trabalho numa fábrica. Durante uma inusitada operação repressiva, a polícia destrói um quarteirão inteiro do bairro miserável em que vive. Na confusão John encontra óculos escuros aparentemente comuns, porém ao usá-los consegue enxergar horrendas criaturas disfarçadas de seres humanos, bem como as mensagens subliminares que elas transmitem através da mídia em geral. John percebe que os invasores já estão controlando o planeta e, juntamente com seu companheiro de trabalho Frank (Keith David), decide se engajar no movimento de resistência, que é perseguido como subversivo pela polícia.
...

domingo, 9 de dezembro de 2012

A Luz Que Encanta Meu Dia



Passeando Como Camelo

Eles carregam uma bagagem que não é deles
Até o fim da linha, sem olhos, sem ouvidos
Sem histórias proibidas
Nossos filhos viverão o passado?
E seremos assim sempre velhos?
Então porque nascemos novos?
Todos puros e pelados?
A destruição é suas, e não é nossa culpa
O buraco é seus, e o momento é nosso

Um dia
Ainda no ventre da vida
Antes mesmo do olho nascer
Para sua antiga crítica divina

O sol ja me esperava
Antes mesmo dos rios
E se eu não estivesse nascido
Mal teria o sol vivido
A luz que encanta meu dia
Segue na mesma sinfonia
Das árvores, das plantas e de tudo que é cria


Sendo assim
Eu não vou ficar por aí
Passeando como camelo
Sem direito a uma história
Entre o medo e o desespero

 
Sorria
Vejo neste céu que a beleza é diferente
Sorria
Se o coração bate, este é o seu presente
Sorria, o sol e a luz são os reis da manhã
Em meio ao negro do universo
Somos como velas iluminando os doentes

 
Sobe então o resto que há
Antes que o céu possa derrubar
Uma chuva de asteróide
O momento é o nosso punhal

'Ranque o peso que dão para nós
Este é o tempo de não carregar
O momento é o nosso punhal
'Ranque o peso como um animal
Como um animal

HuHu Hu HaHa


Kaic Bo Alkmin
2012
®
...


sábado, 8 de dezembro de 2012

Uma Vida Menos Ordinária



Onde Tenho Que Ir

Deixou cair em tentação
Não lhe custava o sacrifício
Aprendendo com os erros
E às vezes acertando em cheio
Por uma vida menos ordinária pintamos o chão
Por isso você é o lugar pronde sempre vou e fico
Mesmo ligando a esperança de ver
O meu mundo fazendo sentido de vez, de vez

Incompletos desejos
Aos pedaços lhe faço existir
Um dia aqui e outro ali
E com fome de tudo
Esperando a hora que diz onde tenho que ir

Deixou cair em tentação
Não lhe custava o sacrifício
Planejava fazer o batente o dia inteiro
Pra lembrar que estica o caminho
Quem manda no chão
Não atrasava mais nada além do que o tempo lhe deu
Sempre ligando a esperança de ver
O seu mundo fazendo sentido de vez, de vez
...

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Apenas Olhe Para o Mundo



Fim dos Tempos

Um cara louco com a barba embaraçada
Parado na esquina
Gritando "fim dos tempos está próximo"
E ninguém o notou
Mas eu posso ouvi-lo alto e claro
Ela se foi agora, e nem de longe
Parece que fim dos tempos está aqui

Eu ando em volta de uma poça na rua
E vou pra casa
Do lado de fora da minha janela há uma gata no cio
Cale-se, gata, e me deixe em paz
Não há nenhum "fogo" por aqui
Eu não sinto nada agora
Nem mesmo medo
Agora que o fim dos tempos está aqui

Agora todo o mundo está louco, eles perderam a cabeça
Apenas olhe para o mundo
Tudo poderia estar acabado a qualquer momento
E eu posso ouvir alto e claro
O mundo está acabando, e o que me importa?
Ela se foi, fim dos tempos está aqui
...

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

O Feitiço de Drenar Energia

Image and video hosting by TinyPic

Essa Garota Pode Ser Você


Sexperienced

Quero uma garota
Que já tenha sexperienced
Não tenho razão para me importar
Com que os outros pensem

Não tenho medo de te dizer
Que essa garota pode ser você
Desde que tenha sexperienced

Já experimentei ter paciência
Com as mais inibidas
Mas enchi o saco e agora quero
Só mulheres vividas 


Na cara dura vou te dizer
Que essa garota pode ser você
Desde que tenha sexperienced
...

domingo, 2 de dezembro de 2012

Estúdio Trama: Rafael Castro


quarta-feira, 28 de novembro de 2012

E Se Você Chamar Por Mim



Bata, Bata

Bata, bata, bata na meia-luz

Se você bater, bater, bater
E se você bater, bater, bater
E se você me chamar serei livre
E se você chamar por mim


A raposa no sótão engoliu a lua 
E cada soleira de porta vermelha está se dobrando em azul
As luzes do estéreo se juntam à você

 Na meia luz

Você quebrou minhas duas pernas e me pediu pra ficar
E todos os inimigos saíram
As luzes do estéreo desbotaram para cinza

 Na meia-luz
...

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Hard Work, I Do It For Play!



US Army Cadence - Hard Work

Everybodys doin it right (Hard work, work)
Hard Work, thats what they say (Hard work, work)
Hard Work, to earn my pay (Hard work, work)
Hard Work, do it everyday (Hard work, work)
I get up bout' a quarter to three (Hard work, work)
Gotta go and earn my pay (Hard work, work)
Put my boots on and lace em' up (Hard work, work)
I got another days work (Hard work, work)

Hard Work, thats what they say (Hard work, work)
Hard Work, I earn my pay (Hard work, work)
I put on my ruck and move on out (Hard work, work)
Gotta go make the call (Hard work, work)
Im bangin' on the doors in the morning (Hard work, work)
Get up and lets go to work! (Hard work, work)
Hard work, you pack up the chutes (Hard work, work)
Hard work, you loading em' up (Hard work, work)
Its a Hard Work manafest! (Hard work, work)
Hard work, you gotta do it right (Hard work, work)
Hard work, and here we go (Hard work, work)
Well son, im ready to rock (Hard work, work)
Hard work, im earning my pay (Hard work, work)

Hard work, thats what they say (Hard work, work)
Hard work, we're movin on out (Hard work, work)
We gotta go and do the job (Hard work, work)
Load em' up on the airplane (Hard work, work)
In the early morning rain (Hard work, work)

Hard work, thats what they say (Hard work, work)
Hard work, lead me here (Hard work, work)
Hard work, turn it up (Hard work, work)
Hard work, fired up (Hard work, work)
Everybodys on the plane (Hard work, work)
Gotta sit em' sit em' on down (Hard work, work)
Hard work, the engins are on (Hard work, work)
Hard work, the mission is GO! (Hard work, work)

Hard work, thats what they say (Hard work, work)
Hard work, I do it for play! (Hard work, work)
Hard work, I earn my pay (Hard work, work)
Hard work, we're on the go (Hard work, work)
...

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Encontrar o Homem em Mim



O Homem em Mim

O homem em mim fará quase qualquer tarefa
E em compensação, existe muito pouco que ele pediria
Dê uma mulher como você
Pra atravessar até o homem em mim.

Nuvens de chuva estão nervosas, ao redor da minha porta
Eu penso comigo mesmo que eu posso não aguentar mais isso
Dê uma mulher do seu tipo
Para chegar até o homem em mim.

Mas, oh, que sentimento maravilhoso
Só de saber que você está perto
Faz meu coração cambalear
Dos meus dedos dos pés até minhas orelhas

O homem em mim irá se esconder as vezes, para não ser visto
Mas isto é só porque ele não quer se transformar em uma espécie de máquina
Dê uma mulher como você
Pra atravessar até o homem em mim.
...

sábado, 24 de novembro de 2012

Na Espreita Pelo Corredor



Pé Torto

Um... Assuma controle sobre mim?
Você está se envolvendo com o inimigo
Disse que são dois, é outro truque
Confundindo minha cabeça... Eu acordo
Procuro uma rua vazia
Toco nas sombras os estalidos
Dizem que com um golpe baixo é que se fere
Foi preciso todo esse tempo para te encontrar

Te digo que te quero
Te digo que preciso de você

Os chapas tomam conta de mim
Sigo na espreita pelo corredor
Todas essas pílulas têm que fazer efeito
A cor se vai e tudo nos invade
Lá vai ele de novo
Me leva para o extremo de novo
Tudo o que tenho é um golpe baixo
Estou caçando os lobos para te salvar

Te digo que te quero
Vou te dizer que preciso de você
Eu... O sangue não está no meu rosto
Eu... Só te queria perto de mim

Te digo que te quero
Vou te dizer que preciso de você
Eu... O sangue não está nas minhas mãos

Eu... Só te queria perto de mim

Te digo que te quero
Vou te dizer que preciso de você
Eu... O sangue não está nas minhas mãos

Eu... Só te queria perto de mim
...

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Ele Fará Uma Árvore de Mim



Grama Verde

Apoie sua cabeça
Onde meu coração costumava estar
Segure a terra abaixo de mim
Deite na grama verde
Lembre-se de quando você me amava

Chegue mais perto, não seja tímida
Fique debaixo de um céu chuvoso
A lua está no alto
Pense em mim conforme o trem passa

Limpe os espinhos
E os arbustos
Assobie "Didn't He Ramble"
Agora há uma bolha em mim
E ela está flutuando em ti

Fique no meu formato
As coisas agora são feitas de mim
Os cataventos dirão
"Há cheiro de chuva hoje"

Deus pegou as estrelas
E as jogou
Não se pode contar os pássaros
Pelos botões de flores
Você nunca se livrará de mim
Ele fará uma árvore de mim

Não me diga adeus
Descreva o céu para mim
E se o céu cair
Marque minhas palavras
Nós pegaremos bem-te-vis

Apoie sua cabeça
Onde meu coração costumava estar
Segure a terra abaixo de mim
Deite na grama verde
Lembre-se de quando você me amava

(Tom Waits)
...

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Anti-Herói Americano (2003)


Anti-Herói Americano (2003)

Harvey Pekar era um arquivista em um hospital de Cleveland que vivia, em suas próprias palavras, uma vida ordinária. Até que, depois de conhecer o artista de quadrinhos alternativo Robert Crumb, teve a idéia de transformar sua vida em um gibi. Disso, veio a afamada HQ independente americana American Splendor (inédita no Brasil), que deu a Pekar renome (ainda que não dinheiro...) e agora é transformada em um interessante filme.

Tal qual sua versão em quadrinhos, a película American splendor acompanha a vida de Pekar até o momento atual.

Anti-herói americano (American Splendor, de Shari Springer Berman e Robert Pulcini, 2002) ganhou em janeiro o grande prêmio do Júri no Festival de Sundance, na categoria melhor drama e conta a transformação de Pekar em escritor de quadrinhos e personalidade instantânea (cortesia de suas aparições no programa de David Letterman, algumas das quais mostradas na tela), sua luta contra o câncer e vários outros eventos. Sim, Pekar é uma pessoa comum (ainda que cheia de manias) e sua vida não tem mais eventos do que a da maioria das pessoas do mundo.

O charme da produção (e da HQ) é saber mostrar isso sem enfeitar a realidade ou tentar fazer o protagonista parecer mais simpático. Pekar mostra como é sua vida de forma clara e honesta. É fascinante, ainda que não venha a ser uma unanimidade entre os espectadores.

Chama a atenção o cuidado com que o elenco foi escolhido. Quase todos os atores são parecidos com suas contrapartes da vida real, em especial Paul Giamatti, que interpreta o próprio Harvey Pekar com precisão. A similaridade entre ambos é impressionante e pode ser conferida nos segmentos em que o verdadeiro quadrinhista, já bastante envelhecido, aparece na tela. Também são notáveis os atores que interpretam o amigo de Pekar, Toby Radloff (Judah Friedlander), e o cartunista Robert Crumb (James Urbaniak). Por outro lado, a atriz Hope Davis, que fez o papel da esposa de Pekar, embora competente, pareceu um tanto bonita demais para o papel, problema comum em produções hollywodianas..

Texto: Pedro Hunter

Nome Original: American Splendor
Ano: 2003
Diretor: Shari Springer Berman e Robert Pulcini
Audio: Inglês
Legendas: Português
Tamanho do Arquivo: 700 MB


Torrent
Legenda
...


segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Esta Corrida é Uma Profecia



Corre, Garoto, Corre

Corre, garoto, corre.
Este mundo não foi feito para ti
Corre, garoto, corre.
Eles estão tentando te pegar
Corre, garoto, corre.
Estar correndo é uma vitória
Corre, garoto, corre.
A beleza jaz atrás do montes


Corre, garoto, corre.
O sol estará te guiando
Corre, garoto, corre.
Eles estão dando a vida para te deter
Corre, garoto, corre.
Esta corrida é uma profecia
Corre, garoto, corre.
Foge da sociedade


Amanhã é outro dia
E não terás de te esconderes
Serás um homem, garoto!
Mas por enquanto é hora de correr.
É a hora de correr


Corre, garoto, corre.
Este percurso é parte de uma jornada
Corre, garoto, corre...
...para o segredo dentro de ti
Corre, garoto, corre.
Esta corrida é uma profecia
Corre, garoto, corre.
E some diante as árvores


Amanhã é outro dia
E não terás de te esconderes
Serás um homem, garoto!
Mas por enquanto é hora de correr.
É a hora de correr
Amanhã é outro dia
E quando a noite for embora
Serás um homem, garoto!
Mas por enquanto é hora de correr.
É a hora de correr
...

sábado, 17 de novembro de 2012

Esse Desastre Que Me Tornei



Quase Triste

Quase triste.
Quase fazendo as mesmas coisas que costumávamos fazer.
Há uma garota aqui e ela é quase você.
Quase.
Todas as coisas que você prometeu com seus olhos.
Eu vejo nos dela também.
Agora seus olhos estão vermelhos de tanto chorar.

Quase triste.
Flertando com esse desastre que me tornei.
Me apontando como o tolo que só eu era.

Quase triste.
É quase tocar o que será quase feito.
Há uma parte de mim que é sempre verdade.
Sempre.

Todas as coisas que você prometeu com os seus olhos.
Eu vejo nos dela também.
Agora, seus olhos estão vermelhos de tanto chorar
.


Quase você.
Quase eu.
Quase triste.
 

Chet Baker
...

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Dave Brubeck - Take Five


Resplandecer na Escuridão



Estrelas

Oh, o maravilhoso, por que você é assim?
Oh, o maravilhoso, por que você é assim?
Resplandecer na escuridão, é assim que fazemos
Resplandecer na escuridão, é assim que fazemos
Assim como as estrelas acima do seu teto que
Depois colocam você para dormir
Depois colocam você para dormir
Depois colocam você para dormir

Oh, o maravilhoso, por que você é assim?
Oh, o maravilhoso, por que você é assim?
Resplandecer na escuridão, é assim que fazemos
Resplandecer na escuridão, é assim que fazemos
Assim como as estrelas acima do seu teto que
Depois colocam você para dormir
Assim como as estrelas acima do seu teto que
Depois colocam você para dormir
Depois colocam você para dormir
Depois colocam você para dormir

Feche a persiana na escuridão do seu quarto
No seu quarto
No seu quarto
No seu quarto
No seu quarto

[...]

Aqui está a sua dor de cabeça, desaparece a partir do conversa-conversa-conversa

Agarrando-se com os seus pés-pés-pés
Agarrando-se com as suas lágrimas

Aqui
Estamos separados

Mas não de novo
E de novo
E de novo
E de novo
Isso não faz sentido

Então mande para longe suas ferramentas

Eu estarei
Em seu afogamento
Em sua bebida
[...]

E no final eles pedem pela sua resposta
Não lhes diga o que você descobriu
Desta vez
...

terça-feira, 13 de novembro de 2012

É Dos Mais Vagabundos



Culpa, Abraço, Roupa, Coca-Cola

Se é pra botar a mão no fogo,
Começo em não botar por mim -
vai que eu canso e me traio...
Meu tipo é dos mais vagabundos,
dos mais sem tradição.
Eu troco qualquer coisa por
qualquer coisa em outra ocasião:
culpa, abraço, roupa, coca-cola
documento, riso, praga e omissão,
pra eu poder respirar.

E não me farto dessa história
de semear, de cultivar e colher
todo furor necessário
pra seguir confortavelmente
descartando o que vier
que não for conveniente,
que não for quente e que não for mulher:
ética, impressora, parafuso
compromisso, glória, bem ou malmequer;
isso eu deixo passar.

Daí eu digo "vá lá em casa
e manda um abraço pro papai, pra mamãe"
pr'eu não te ver nem pintado.
Eu faço média, eu faço hora,
faço de conta que eu não sei,
sabendo que isso, às vezes, extrapola,
me calo e fica tudo bem.
É tanta coisa dentro da cachola,
tanta coisa que eu adoro detestar
que eu nem posso contar.
...

domingo, 11 de novembro de 2012

De Toda Aquela Humanidade


sábado, 10 de novembro de 2012

John Coltrane-Spiritual (Live)


terça-feira, 6 de novembro de 2012

Eu Não Creio em Vocês



Semáforo

Hoje é terça-feira
 O céu borrou a cor
Ó minha mão do céu
Ó meu pé do chão
Ó minha mão do céu
Ó meu pé do chão
Eu não ouço vocês
Eu não ouço vocês (mais alto)
Eu não creio em vocês

Só acredito no semáforo
Só acredito no avião
Eu acredito no relógio
Só acredito
Eu só acredito

Hoje é terça-feira
E o céu se põe debaixo do tapete
Um tesouro
Eu não acredito, eu não acredito, eu não acredito, eu não acredito não

Só acredito no semáforo
Só acredito no avião
Eu acredito no relógio
Acredito no coração

Não, não, não

Hoje é terça-feira
Hoje é terça-feira
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Todos seus amigos
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Voam...voam...uuuuhhh...voam

Com olhos de anis
Com asas de fogo
E meus olhos cheios
De mágoa então

Hoje é terça-feira
Hoje é terça-feira 
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Todos seus amigos
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Todos meus amigos
Querem morrer..uuuuuuhhh
Querem morrer uuuuuuhhh.
...

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Charles Mingus - Moanin' (93)


sábado, 3 de novembro de 2012

E o Caminho é Tão Longo



Estrela da Noite

A noite é escura
E o caminho é tão longo que me leva a loucura
Andando e dançando
No fio da navalha
Eu sou o faquir
Eu sou o palhaço
E um grande canalha

Teu olhar pontiagudo
Me corta como um punhal
Quero saber de tudo tudo tudo
Antes do carnaval

Estrela soturna
Com a luz do destino
Com a cor dos infernos
  E o amor tao pequenino...

Mas o vento sacode
  A lona do circo amarela
Como é que voce pode viver tão longe dela

Estrela da noite
Fulgor do demonio
  Ó negro açoite
Do fundo do meu sonho

  É um malabarista
De um trapezio de metal
Se jogando pra morte
Orgulho sem igual

Fumando o antigo cigarro de palha
Com meu amigo papagaio
  E aquela velha gralha
Mas as cartas marcadas
Estão em cima da mesa
Minha alma gelada
Com o gelo da tristeza

Os dados lançados
Num jogo da sorte
Todos eles marcados
Com a estrela do norte

Minha mão tremendo
  Segura tua mão
  E é assim que eu te prendo
Dentro do coração

Mas no fundo das trevas
Sei de alguem que me chama
Para onde me levas
Vou de rainha a cigana

Mas a noite é escura
  E o caminho é tão longo
  E me leva a loucura

  A noite é escura
  E o caminho tão longo
 Que me leva a loucura
Estrela da noite.
...

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Para iluminar a Cidade (72)


Jorge Mautner - Para Iluminar a Cidade (1972) 

1. Super mulher (5:05)
2. Olhar bestial (1:09)
3. Estrela da noite (5:49)
4. Chuva princesa (1:06)
5. Anjo infernal (4:27)
6. Quero ser locomotiva (6:03)
7. Sheridan square (4:17)
8. From faraway (2:45)
9. Sapo cururu (6:10)

Quero Ser Locomotiva

Powered by mp3skull.com


Download
...

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Desde Que o Mundo é Mundo



O Mundo. (Panela de Pressão)

Desde que o mundo é mundo ele nunca foi brinquedo.
Enquanto uns choram
Outros se apressam pra vender o lenço
Isso nunca foi segredo.
Te vendem remédio, plano de vida
Especulando com seus medos.
Nos livros Sagrados já tava escrito a muito tempo
Qual vai ser a desse enredo, até o final.

O mundo.
O mundo, panela de pressão.
O mundo.
Várias tensões, várias situações.
O mundo, panela de pressão.
O mundo, panelinha de pressão.
O mundo, panela de pressão.

O mundo do jeito que tá.
As coisa do jeito que tão
O mundo do jeito que é.
As coisas do jeito que são.
Pra desistir é muito fácil.
Joga a toalha. Vende a bandeira
E corre pro abraço, vai.
O monstro é grande sim
Mas não é invencível
Pois esse império é artigo perecível
Independente disso
Faça o que tu acredita
Pois o mundo fica mudo
A cada alma que abdica.

O mundo, panela de pressão.
O mundo, panelinha de pressão
Várias tensões, várias situações.
O mundo, panela de pressão.
O mundo, panelinha de pressão.
O mundo, panela de pressão.

O mundo, panela de pressão
Várias situações. Várias tensões
Amontoadas como grãos de milho
Avião fora da rota. Trem fora do trilho
O mundo, panela de pressão
Várias situações. Várias missões
Amontoadas como grãos de milho
Pipocando pelos quatro cantos do planeta.
...

sábado, 27 de outubro de 2012

Realmente Importa Para Mim



Rapsódia Boêmia

Isso é a vida real?
Isso é só fantasia?
Pego num desmoronamento
Sem poder escapar da realidade

Abra seus olhos
Olhe para o céu e veja
Eu sou apenas um pobre menino,
Eu não preciso de compaixão

Porque eu venho fácil, fácil vou
E possuo altos e baixos
De qualquer jeito que o vento soprar,
Isso realmente não importa pra mim, pra mim

Mamãe, acabei de matar um homem
Coloquei uma arma em sua cabeça
Puxei o gatilho, agora ele está morto
Mamãe, a vida acabou de começar
Mas agora eu joguei tudo fora

Mamãe, oh
Não foi minha intenção te fazer chorar
Se eu não estiver de volta a esta hora amanhã
Continue, continue
Como se nada realmente importasse

Tarde demais, chegou minha hora
Sinto arrepios em minha espinha
Meu corpo está doendo toda hora

Adeus a todos, eu agora tenho que ir
Tenho que deixar todos vocês para trás
E encarar a verdade

Mamãe, oh
Eu não quero morrer
Às vezes eu desejo nunca ter nascido

Eu vejo uma pequena silhueta de um homem
Palhaço, palhaço
Você fará o fandango?
Raios e relâmpagos me assustam muito, muito.

Galileo, Galileo
Galileo, Galileo
Galileo, Fígaro, magnífico;

Mas eu sou apenas um pobre menino e ninguém me ama
Ele é só um pobre menino de uma pobre família
Poupe sua vida desta monstruosidade

Vem fácil, vai fácil, vocês vão me deixar ir?
Em nome de Deus!
Não, nós não o deixaremos ir
Deixe-o ir

Em nome de Deus!
Nós não o deixaremos ir, deixe-o ir
Em nome de Deus!
Nós não o deixaremos ir, deixe-me ir
Não o deixe ir, deixe-me ir, nunca
Nunca te deixaremos ir, deixe-me ir

Nunca deixe-me ir oh
Não, não, não, não, não, não, não

Oh minha mãe, minha mãe,
Minha mãe, deixe-me ir
Belzebu, tem um diabo reservado para mim
Para mim, para mim

Então você acha que pode me apedrejar
E cuspir em meus olhos?
Então você acha que pode me amar
E me deixar pra morrer?

Oh baby, não pode fazer isso comigo, baby
Só tenho que sair
Só tenho que sair logo daqui

Nada realmente importa
Qualquer um pode ver
Nada realmente importa
Nada realmente importa para mim

De qualquer forma o vento sopra
...

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Eu Me Entrego Só Na Morte



VII
Em diálogo, feroz, ritmo de luta:

- Se entrega Corisco
- Eu não me entrego não
Eu não sou passarinho
Pra viver lá na prisão
- Se entrega Corisco
- Eu não me entrego não
Não me entrego ao tenente
Não me entrego ao capitão
Eu me entrego só na morte
De parabelo na mão
- Se entrega corisco
- Eu não me entrego não

VIII
Vivaz, alegre
Farrea, farrea povo
Farrea até o sol raiar
Mataram Corisco
Balearam Dadá (bis...)
O sertão vai virá mar
E o mar virá sertão

Tá contada a minha estória
Verdade e imaginação
Espero que o sinhô
Tenha tirado uma lição
Que assim mal dividido
Esse mundo anda errado
Que a terra é do homem
Num é de Deus nem do Diabo
...