terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Rapaz Latino Americano



Apenas um Rapaz Latino Americano

Eu sou apenas um rapaz
Latino Americano
Sem dinheiro no banco
Sem parentes importantes
E vindo do interior

Mas trago de cabeça
Uma canção do rádio
Em que um antigo
Compositor baiano
Me dizia
Tudo é divino
Tudo é maravilhoso

Mas trago de cabeça
Uma canção do rádio
Em que um antigo
Compositor baiano
Me dizia
Tudo é divino
Tudo é maravilhoso

Tenho ouvido muitos discos
Conversado com pessoas
Caminhado meu caminho
Papo, som, dentro da noite
E não tenho um amigo sequer
Que ainda acredite nisso não
Tudo muda!
E com toda razão

Eu sou apenas um rapaz
Latino Americano
Sem dinheiro no banco
Sem parentes importantes
E vindo do interior

Mas sei
Que tudo é proibido
Aliás, eu queria dizer
Que tudo é permitido
Até beijar você
No escuro do cinema
Quando ninguém nos vê

Mas sei
Que tudo é proibido
Aliás, eu queria dizer
Que tudo é permitido
Até beijar você
No escuro do cinema
Quando ninguém nos vê

Não me peça que eu lhe faça
Uma canção como se deve
Correta, branca, suave
Muito limpa, muito leve
Sons, palavras, são navalhas
E eu não posso cantar como convém
Sem querer ferir ninguém

Mas não se preocupe meu amigo
Com os horrores que eu lhe digo
Isso é somente uma canção
A vida realmente é diferente
Quer dizer
A vida é muito pior

E eu sou apenas um rapaz
Latino Americano
Sem dinheiro no banco
Por favor
Não saque a arma no "saloon"
Eu sou apenas o cantor

Mas se depois de cantar
Você ainda quiser me atirar
Mate-me logo!
À tarde, às três
Que à noite
Tenho um compromisso
E não posso faltar
Por causa de vocês

Mas se depois de cantar
Você ainda quiser me atirar
Mate-me logo!
À tarde, às três
Que à noite
Tenho um compromisso
E não posso faltar
Por causa de vocês

Eu sou apenas um rapaz
Latino Americano
Sem dinheiro no banco
Sem parentes importantes
E vindo do interior
Mas sei que nada é divino
Nada, nada é maravilhoso
Nada, nada é secreto
Nada, nada é misterioso, não
...

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

...And Tango Down!


sábado, 7 de dezembro de 2013

Mas Não Sou Tão Mau



Na Sua

Um homem santo na ponta dos pés andando de lado a lado no Ganges
O som da música mágica nos seus ouvidos
Imagem de um ônibus carregado de turistas
Trajando casacos luminosos e bebendo limonada
Agora tenho um sentimento divertido no qual envio a encomenda
De um homem na Califórnia
Disse ele uma vez que era o artista de um ótimo game show
Então ele gastou todo o seu dinheiro
Gastou todo o dinheiro

Então me leve pra casa
Não me deixe sozinho
Não sou tão bom
Mas não sou tão mau
Nem um assassino psicopata
Vândalo guerrilheiro
Sonho fazer barulho
Oh, você deveria experimentar
Com palavra de honra ganhe o cartão dourado da alma
Minha alegria de viver está na agitação
E todos somos os mesmos no final

Então fique na sua

Bem, todos temos um dia bom no calor de uma discoteca
O som da música mágica em nossos cérebros
Alguém tropeçou no banheiro com espanto
Dizendo: Senhor me dê tempo para pular no espaço
Estou do lado de fora do espaço

Então me leve pra casa
Não me deixe sozinho
Não sou tão bom
Mas não sou tão mau
Nem um assassino psicopata
Vândalo guerrilheiro
Sonho fazer barulho
Oh, você deveria experimentar
Com palavra de honra ganhe o cartão dourado da alma
Minha alegria de viver está na agitação
E todos somos os mesmos no final
...
 

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Uma Direção No Vento



Lobo do Mar

Enquanto passa o trem passa a boiada
Depois que passa o trem passa a boiada

Quero ficar cego de te ver no por do sol
Esperar por perto acender algum farol
Uma direção no vento ou a previsão do tempo
E quando chover volto a enxergar

Quero ser de novo, um lobo do mar
Um herói do povo a me aventurar

Enquanto passa o trem passa a boiada
Depois que passa o trem passa a boiada

Quero ficar cego de te ver no por do sol
Esperar por perto acender algum farol
Uma direção no vento ou a previsão do tempo
E quando chover volto a enxergar

Quero ser de novo, um lobo do mar
Um herói do povo a me aventurar
...

Portais pra Outra Dimensão



Amém.

Calmo não, santo tão, flores e um pomar
Palmeiras, orquídeas, estrada de chão.
Porteiras e portais pra outra dimensão
Paz, paz, o vento traz cheiro verde e hortelã
Deitados enrolados, suspiros engritados e o luar a nos aconchegar
Eu rezei pra que ela soubesse, mesmo que eu não dissesse:
O amor vai se oferecer pra nos levitar

Os sóis são mil a sós, o sangue nos lençóis
Eu te ajudo com o martelo você prega os quadros
Tua saia que era vestido sopra leve, tomo um vinho
Lá de casa olho sorrindo você linda colhendo manjericão
Deitados enganados, trapilhos mal farrapos e o chorar a nos acorrentar
Eu firmei com ela uma tese
De que a gente se entregue sem pressa pro tempo rolar
Deitado enrolado, suspiros engritados e o luar a nos aconchegar
Não gritei pra que ela pudesse dormir um pouco mais e sonhar
Que o amor se ofereceu pra nos levitar

Eu aceito diante do altar
Por você
Por nós dois
Pelos anos a sós
O sóis são mil e a voz dos traumas
O peso que as almas têm
Amém
Os corpos jogados na cama no sofá
O amor vai se oferecer pra nos levitar
O amor se ofereceu pra nos levitar
Libertar, ma petit ami
Livrai-nos do mal
E a dor que ele nos traz
Eu tropecei pra que ela pudesse sorrir um pouco mais e evitar o mal
E a dor que ele nos causa
A dor que ele nos causa
A dor que ele nos causa
A dor que ele te causa.
...

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Baseado em Fatos Reais



Baseado Em Fatos Reais

Baseado em fatos reais
perto do ano 2000
liberdade de expressão aqui nunca existiu
o que eles querem eu sei, é me deixar de lado
polícia bate no povo e o povo aguenta calado
dizem que faço apologia porque canto a vida
querem tapar minha boca enquanto fecham a ferida
acostumado com o poder manipulando mente
fique sabendo cumpadi comigo é diferente
Rua é o lugar de onde vim
e de lá vem a verdade de muitos igual a mim
vou te lembrar uma coisa
um velho ditado popular
a lei tarda tarda e tarda pra falhar
roubaram mataram levaram o dinheiro do povo
querem me calar mas olha eu aqui de novo direto do Rio de Janeiro,
Zona Norte correndo atrás com muito trabalho e sorte
malandro que é malandro não enverga
e quem sou eu pra ficar quebrando regra,
senhoras e senhores estou chegando aos céus
Black Alien bem vindo ao banco dos réus;
Eu sou pago pra rimar e rimo pra ser pago
e até preso e desta história ninguém sairá ileso
não subestime meu time
toc toc polícia é uma questão pessoal me pegar no crime
mas eu te trago más novas
o nascer do sol se mantém sublime
de um lado eu tenho Bob do outro eu tenho o jimmy
a rock around the clock no style do hip hop
na lírica beretta na lírica glock
sentado no banco dos réus do lado do rei
meu foco é a minha sentença
eu sei hora do pesadelo bem vindo
cego num asilo
mar gelado
caindo no "pelo"
luz no fim do túnel
alarme falso
prazer em revê-lo
decepciona-lo
sangue na cena do crime vaza pelo ralo
impressionado eu dei um dois no que Deus não me pois
eu estou enjaulado
mas continuo no páreo Black Alien
estilo livre função MC
culpado até que provem o contrário
Pra quem vem do passado o futuro é diferente
o presente no tempo presente
o meu futuro é outro
eu vou extravasar com o melhor da gente
eu pico a mula toco o barco e passa a bola
urgente como um bravo bombeiro
meu semelhante eu resgato
lava jato a visão distorcida dos fatos
a hora é agora e o lugar é aqui
revolução televisão não vai transmitir auto intitulado
Dj's e Mc's espaço entre a paz e o inferno é um triz
não vim a toa e vou ficar para sempre queimando
espalhando essa lava fervente
sem rabo preso ou assunto pendente
ninguém passa o pente no alienígena residente
me pergunta se eu to pronto e te digo o tempo todo
o tempo passa o tempo passa o rodo
momentos lentos enquanto detentos
ano novo nada próspero o fundamento
o escadinha de helicóptero
detritos federais me botam na sequela
só quem tem sangue bom que não amarela
com vocês meu companheiro Marcelo
Os cães ladram
mas a caravana para como você disse otário
mas estou aqui pra te provar o contrário
meu raciocino é muito rápido
vai entrar na sua mente então tome cuidado
vai ser assim daqui pra frente
não gostam do que falo me jogam na jaula
e acho que até tive sorte
outros vão pra vala correndo atrás de mim
querendo me pegar
tão me confundindo não sou nenhum Pablo Escobar
D2 não somente o rei só me meto onde sou chamado só faço o que sei
só quem tá lá sabe como é que é
um abraço seu Raimundo Pavilhão 2CPË
passarinho na gaiola não canta
mas o bom passarinho bate a poeira e levanta
sai pra lá pela saco não vai me alcançar
e se alcançar vai ser difícil derrubar
Esse é um pedaço de uma história
que eu passei a um tempo atrás
Baseado em fatos reais
...

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

...

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Selvagens e Campestres


O Labirinto de Amor do Fauno.

Fauno parece ter sido um antigo deus romano. Seu nome aparece como um deus bem feitor, “favorável”, protetor dos rebanhos e pastores, o que facilitou sob a influência grega a sua identificação com o deus Pan. Considerado filho de Júpiter e Circe, sua personalidade alimentou a dos reis e inclusive foi considerado um dos primeiros reis de Lácio, antes da chegada de Enéas em solo romano e da fundação de Roma. A personalidade divina de Fauno persistiu em várias formas: os faunos, por exemplo, gênios selvagens e campestres, companheiros dos pastores, cuja natureza é dupla: metade homem, metade bode, tem chifres e com freqüência cascos de cabra. Fauno promoveu a agricultura e a pecuária entre seus súditos, e também se destacou como caçador. Após sua morte, foi elevado à posição de divindade tutelar do país, por seus muitos serviços prestados a agricultura e pecuária. Fauno foi adorado por seus diferentes papéis: como deus dos campos e dos pastores e como uma divindade oracular e profética. Como deus da profecia, chamado pelo nome de Fatuo (Fatuus), acreditava-se que revelava o futuro do homem, em parte por seus sonhos e também mediante vozes de origem desconhecida. Por causa das formas que dava em seus oráculos, é considerado o autor das aparições espectrais e sons terríveis. Era também descrito como um deus lascivo e voluptuoso, que morava nos bosques e gostava das ninfas.
...

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Estou Arriscando Sempre



Navegar Suave

Está tudo em movimento
Sem parar agora
Eu não tenho nada a perder
E só um caminho

Eu estou queimando pontes
Eu destruo a miragem
Oh, visões de colisões
Puta boa viagem

É tudo um navegar suave
De agora em diante

Eu tenho hematomas e chupões
Pontos e cicatrizes
Tenho a minha própria música tema
Ele toca onde quer que eu estou

O medo é a mão
Que puxa suas cordas
Um brinquedo inútil
Lamentável coisa jogo

Estou em flagrante de qualquer modo
Todo dia

É tudo um bom velejar
De agora em diante
Eu vou fazer o estrago
Que estava sendo feito

Só Deus sabe
Onde o amor repousa
Se a razão não tem preço
Não há razão pagar por ela

É tão fácil de ver
E tão difícil de encontrar
Fazer tempestade em copo d'água
E o copo d'água é meu

Eu te hipnotizo
E ninguém pode te achar
Eu fico puto
Com o status quo
Aqui vamos nós

Estou um pouco despreocupado
Mas eu danço
Estou arriscando sempre
Sem segunda chance

Vai ser gostoso velejar
Daqui pra fora
Eu vou fazer estrago
Até que o estrago seja completo

Só Deus sabe
Então cuide de seu comportamento
Siga as ordens
De seu salvador inchado

Cada templo é ouro
Cada gancho é projetado
O inferno nada mais é do que o templo
Da mente fechada
Mente fechada
Mente fechada
Mente fechada

É tudo um navegar suave
Daqui pra frente
...

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Chorar Não Serve de Nada



Sentei-me à Beira Mar


 Sentei-me à beira-mar
E bebi uma poção
Querida, pra te apagar
Cabeça baixa na avenida
Ainda não pude encarar você
Chorar não serve de nada
Isso não muda nada
Então querida,qual o bem que isso faz?
Seus amigos, todos concordam
Talvez, eu não precise que eles o façam

Imagine que eu fosse o seu verdadeiro único cara
Ao invés do único cara
Você, eu e uma mentira
O silencio esta perto
Somos barcos passando pela noite

Não há nenhum lugar para fugir, disse:
''Garoto, se você quer amor,
Você vai ter que ir, e encontrar com alguém novo''
''Você sabe quem realmente você é
Tem certeza que isso é mesmo você?''
Mentiras são coisas engraçadas
Elas escorrem por entre seus dedos
Porque elas nunca aconteceram com você
O tempo cura todas as feridas
A medida que somem de nossas vistas

Imagine que eu fosse o seu verdadeiro único cara
Ao invés do único cara
Você, eu e uma mentira
O silencio esta perto
Somos barcos passando pela noite
Você, eu e uma mentira
O silencio esta perto
Somos barcos passando pela noite
No final da noite, deixados sem onde nos esconder
Cada vez mais perto
Nós somos barcos se colidindo na noite
...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Somos a Juventude Selvagem



Juventude

 Sombras se estabeleceram sobre o lugar que você deixou
Nossas mentes estão ocupadas com o vazio
Destrua o meio, é um desperdício de tempo
Do início perfeito, para a linha de chegada

E se vocês ainda estão respirando, você são os sortudos
Porque a maioria de nós está arfando através de pulmões corrompidos
Provocando incêndio em nosso interior por diversão
Coletando os nomes dos amores que deram errado
Os amores que deram errado

Nós somos imprudentes,
Nós somos a juventude selvagem,
Perseguindo visões dos nossos futuros.
Um dia nós vamos revelar a verdade,
Que um irá morrer antes de chegar lá

E se você ainda estiver sangrando, você é sortudo
Porque a maioria dos nossos sentimentos, eles estão mortos e acabados
Estamos colocando fogo em nosso interior por diversão
Coletando imagens da enchente que destruiu nossa casa
Foi uma inundação que destruiu isto

E você causou isso
E você causou isso
E você causou isso

Bem, eu perdi tudo, eu sou apenas um silhueta
Um rosto sem vida que você logo vai esquecer
Meus olhos estão úmidos pelas palavras que você deixou
Tocando na minha cabeça, quando você destruiu meu peito
Tocando na minha cabeça, quando você destruiu meu peito

E se você está apaixonado, então você é sortudo
Porque a maioria de nós somos amargos por causa de alguém
Colocando fogo em nosso interior por diversão
Para distrair os nossos corações por sentir falta deles
Mas eu estou sempre sentindo falta dele.

E você causou isso
E você causou isso
E você causou isso

...

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Poderia Te Alegrar Melhor



Nunca Diga Nunca

Se era hora dele ter uma conduta
Não havia nenhuma luz ou uma noção
De luz solar desembarcando na rua
Garotas com trajes de banho tem a obrigação de serem discretas

Garotas com trajes de banho tem a obrigação de serem discretas
Protegidas por seus pais trancadas em casa
Elas se disfarçam como as mulheres deles

Poderia te alegrar melhor
Se dormíssemos juntos
Mas há alguma coisa
Nos seus olhos que diz
Talvez que nunca
Nunca diga nunca

O fracasso da justiça
Com pele danificada
Aquele homem poderia não dar a mínima
Sobre o sorriso no teu rosto
Assim você passa, atrevida como uma cabra
Ele está dormindo nos papéis
Quando poderia estar aquecido na sua pele

Poderia te alegrar melhor
Se dormíssemos juntos
Mas há alguma coisa
Nos seus olhos que diz
Talvez que nunca
Nunca diga nunca

Não há jeito mais fácil de perder sua visão
Na rua, nas escadas
Quem está na sua esquadrilha
Um casal velho passa, abominável
Mas ele tem ela, e ela tem ele

Poderia te alegrar melhor
Se dormíssemos juntos
Mas há alguma coisa
Nos seus olhos que diz
Talvez que nunca
Nunca diga nunca
...

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Eles Não Me Conhecem



Falando Sobre a 3ª Guerra Mundial Blues

Algum tempo atrás um sonho estranho me veio
Sonhei que estava caminhando
Na direção da Terceira Guerra Mundial
Eu fui ao doutor no dia seguinte
Para ver quais palavras ele poderia me dar
Ele disse que era um sonho ruim

No entanto eu não deveria me preocupar tanto a respeito
Eram meus próprios sonhos
E estavam somente na minha cabeça

Eu disse "Espera aí um momento doutor
Uma Guerra Mundial passou pelo meu cérebro"
Ele disse "Enfermeira, pegue seu caderno
O menino está insano"
Ele agarrou meu braço, eu disse "Ai!"
Enquanto eu caia sobre o divã do psiquiatra
Ele disse "Conte-me tudo"

Bem, a coisa toda começou rápida as três da tarde
Já tinha acabado quinze minutos depois
Eu estava na sarjeta com uma namoradinha
Quando espiei pela tampa do bueiro
Me perguntando quem acendeu a luz sob nós

Bem, eu me levantei e dei uma volta
Pra cima e pra baixo da cidade solitária
Em pé pensava pra que lado devo ir
Acendi um cigarro no parquímetro
E caminhei estrada abaixo
Era um dia normal

Bem, eu toquei as campainhas dos abrigos para bombardeios antiaéreos
E inclinei minha cabeça e soltei um grito
"Me dê uma vagem, sou um homem faminto"
Uma espingarda atirou e embora eu corri
Ainda assim, eu não os culpo muito
Eles não me conhecem

Lá na esquina perto da barraquinha de cachorro quente
Eu vi um homem, eu disse "Como vai amigo,
Acho que só tem nós dois"
Ele gritou um pouco e foi embora
Pensou que eu era um comunista

Bem, eu espiei uma garota e antes que ela pudesse ir
"Vamos ir brincar de Adão e Eva"
Eu a peguei pela mão e meu coração pulsava
Quando ela disse "Ei cara, você é maluco ou o quê
Não vê o que aconteceu da última vez que começaram"

Bem, eu vi a janela de um Cadillac na cidade
E não havia ninguém por perto
Entrei no lugar do motorista
E dirigi até a rua 42
No meu Cadillac
Carro bom de dirigir após uma guerra

Bem, eu me recordo vendo um anúncio
Então liguei o meu Conelrad
Mas não paguei a minha conta de luz
Portanto o rádio não funcionou tão bem
Liguei o meu toca discos
Era Rock-A-Day Johnny cantando
"Diga a Mãe, Diga ao Pai
Nosso Amor Vai Crescer Ooh-wah, Ooh-wah."

Eu estava me sentindo meio só e na fossa
Precisava de alguém com quem conversar
Então liguei para a telefonista da Hora Certa
Somente para ouvir uma voz de alguma espécie
"Quando você ouvir o bip
Serão três horas,"
Ela disse isto por mais de uma hora
E eu desliguei

Bem, o doutor me interrompeu bem nesta parte
Dizendo "Ei, eu andei tendo o mesmo tipo de sonho,
Mas o meu era um pouco diferente, veja bem
Sonhei que a única pessoa que sobrou
Depois da guerra era eu
Não vi você por lá."

Bem, agora o tempo passou e agora parece
Que todos estão tendo esses sonhos
Todo mundo se vendo
Andando por aí sem mais ninguém
Metade das pessoas
Podem estar parcialmente certas todas às vezes
Algumas das pessoas
Podem estar totalmente certas algumas vezes
Mas todas as pessoas
Não podem estar totalmente certas todas às vezes
Eu acho que Abraham Lincoln disse isso
"Eu deixo você estar em meus sonhos
Se você me deixar estar nos seus"
Eu disse isso


Bob Dylan

...

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

But No Freedom For Me.



Freedom

This mule ain’t from Moscow
This mule ain’t from the South
But this mule has some learnin'
Mostly mouth-to-mouth

This mule could be called stubborn and lazy
But in a clever sorta’ way this mule could be workin’,
waitin’ and learnin’ and plannin’
For a sacred kind of day
A day when burnin’ sticks and crosses is not mere
child’s play
But a madman in his most incandescent bloom
Whose lover’s soul is imperfection and is most lustrous
groom

So, stand fast there young mule
Soothe in contemplation
That burning whole and aching thigh
Your stubbornness is ever living
And cool anxiety is about to die

Freedom for your daddy
Freedom for your momma
Freedom for your brothers and sisters
But no freedom for me

Freedom for your daddy’s daddy
Freedom for your momma’s momma
Freedom for your brothers and sisters
But no freedom for me

Freedom for your daddy’s daddy
Freedom for your momma’s momma
Freedom for your brothers and sisters
But no freedom for me 
...
 

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Aqui Não Tem Marcha Lenta



Indicados Para o Prêmio Nobel da Paz

Aqui quem menos corre, voa
Aqui não tem marcha lenta
Aqui só tem cientista
O que não existe, nóis inventa!
Zica tem de monte, zóião dá até em penca
Eu tomo banho de banheira
Com champagne e água-benta

Iaew Paulo como que é caralho

Já falei lá com George Bush
Ta tudo certo
O missil ta a caminho

O homem de moral faz pelo dom pelo dinheiro
Para assegurar seu bem estar moral e financeiro
O homem imoral trabalha o mês inteiro e revoltado
Com o que ganha extermina seu salário num puteiro

Ohh meu Deus
Mas de onde saiu essa coisa
Sem infância

Eu não preciso jogar praga em você
Você já nasceu uma pessoa estúpida
Eu não preciso jogar praga em você
Você já nasceu essa pessoa estúpida

Muitas drogas vão te oferecer
E as suas respostas vão dizer quem é você
O mundo livre vai te condenar

É Chorão ta todo mundo louco atrás de você
Lá eu não sei o que você fez no hotel
Tem até polícia rapaz
E vamo embora que nós tamo atrasado caralho

E agora com vocês Charlie Brown Cuidado com os indicados para o Prêmio Nobel da Paz!


...

terça-feira, 30 de julho de 2013

Eu Tenho Sede de Sangue



Dias São Esquecidos

Hey filho
Estou ansioso
Você está regredindo
Disso eu tenho certeza

Você já teve o suficiente?
Você está se sentindo bem?
A sua cabeça dói?
Bem, se é guerra...

Porque eu estou tomando de volta o que é meu
Estou tomando de volta o tempo
Você pode chamar isso de suicídio
Mas eu estou nascendo de novo
Eu estou esperando

Eu estou esperando
Bem aqui agora
Eu estou esperando
Para alguém
Ou algo
Para me levar
Para me dominar

Dias
Dias são esquecidos
Agora está tudo acabado
Simplesmente esquecidos
Como desaparecer

Homem
Eu tenho sede de sangue
Te alimentando com alienação
Eu não deixo cicatriz

Você diz que eu estou ultrapassado
Um maldito rato sujo
Me chame de clichê
Quão certo você está?

Porque eu estou virando um saco de ossos
Estou corrigindo todos os seus erros
Você pode chamar isso de suicídio
Mas eu estou nascendo de novo
Eu estou esperando

Eu estou esperando
Bem aqui agora
Eu estou esperando
Para alguém
Ou algo
Para me levar
Para me dominar

Dias
Dias são esquecidos
Agora está tudo acabado
Simplesmente esquecidos
Como desaparecer

Dias
Dias são esquecidos
Agora está tudo acabado
Simplesmente esquecidos
Como desaparecer

Eu vi algo
Lá fora, na mais escura estrela
Você estava em casa
Mastigando cérebros de macacos

Eu não estou aqui
Eu sou apenas uma silhueta
Você nunca vai
Nunca esquecer

Dias
Dias são esquecidos
Agora está tudo acabado
Simplesmente esquecidos
Como desaparecer

Dias
Dias são esquecidos
Agora está tudo acabado
Simplesmente esquecidos
Como desaparecer

Eu vi algo
Lá fora, na mais escura estrela
Você estava em casa
Mastigando cérebros de macacos
...

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Para Todo o Mundo Abaixo.



Uns Estranhos

Há um lugar onde uns estranhos vão,
Onde ninguém aqui pode saber.
Eles olham para baixo das nuvens e sorriem para
Todo o mundo abaixo.
Há um lugar onde o estranho vai,
Onde ninguém aqui poderia saber.
Eles olham para baixo do subterrâneo,
A todo o mundo abaixo.

Eu quero chorar por você,
Eu quero morrer por você.
Todo mundo precisa de uma casa.
Bem, você é estranho o bastante,
Você é desarranjado o bastante?
Todo fodido precisa de uma casa.

Há um lugar onde uns estranhos vão,
Onde ninguém aqui pode saber.
Eles olham para baixo das nuvens e sorriem para
Todo o mundo abaixo.
Há um lugar onde uns estranhos vão,
Onde ninguém aqui poderia saber.
Eles olham para baixo do subterrâneo,
Para todo o mundo abaixo.

Eu quero sentir por você,
Eu quero roubar por você.
Todo o mundo precisa de uma casa.
Bem, você é estranho o bastante,
Você é desarranjado o bastante?
Todo fodido precisa de uma casa.

Há um lugar onde uns estranhos vão,
Onde ninguém aqui pode saber.
Eles olham para baixo das nuvens e sorriem para
Todo o mundo abaixo.
Há um lugar onde uns estranhos vão,
Onde ninguém aqui poderia saber.
Eles olham para baixo do subterrâneo,
Para todo o mundo abaixo.

Há um lugar onde uns estranhos vão,
Onde ninguém aqui pode saber.
Eles olham para baixo das nuvens e sorriem para
Todo o mundo abaixo.
Há um lugar onde uns estranho vão,
Onde ninguém aqui poderia saber.
Eles olham para baixo do subterrâneo,
Para todo o mundo abaixo.
...

quarta-feira, 10 de julho de 2013

A Vida Não é Linha Reta



Eu Avisei Você

Eu vou sorrir pra quem é gente boa
Eu vou cantar pra quem topar remar na minha canoa
Eu vou sorrir pra quem é gente boa
Vou cantar pra quem topar remar na minha canoa

Ligado nas pessoas de cabeça aberta
Vou me valer da energia certa
Sacando que a vida não é linha reta

Eu vou sorrir pra quem tocar comigo a máquina do funk
Eu vou sorrir pra quem for mais doidão de que Thelonious Monk

Tomo um bom de um banho de lua
Mando um sinal de fumaça
Saio pelado pra rua
Você precisa ver!

E quando você ouvir meu violão constante
Vai entrar num mundo mais brilhante
Eu avisei você!

E tomo um bom de um banho de lua
Mando um sinal de fumaça
Saio pelado pra rua
Você precisa ver!

E quando você ouvir meu violão constante
Vai entrar num mundo mais brilhante
Eu avisei você!

Eu vou sorrir pra quem é gente boa!
Eu vou sorrir pra quem é gente boa!
...

quarta-feira, 3 de julho de 2013

O Homem com Belos Olhos

sábado, 29 de junho de 2013

Buscando a Velocidade.



A Distância


Relutantemente agachados na linha de largada,
Motores batendo e bombeando a tempo.
A luz verde brilha, as bandeiras sobem.
Agitando-se e queimando, eles anseiam pela taça.
Eles manobram com cuidado e buscam lugares
Combustível queimando rápido no tanque vazio.
Sem cuidado e selvagem, eles vertem pelas curvas.
Suas proezas são potentes e secretamente severas.
À medida que aceleram para a chegada, as bandeiras descem.
Os fãs se levantam e eles saem da cidade.
A arena está vazia, exceto por um homem
Ainda dirigindo e se esforçando tão rápido quanto pode.
O sol já desceu e a lua subiu
E muito tempo atrás alguém partiu com a taça.
Mas ele está dirigindo e se esforçando e contornando as curvas.
E pensando em alguém por quem ele ainda queima

Ele vai até o fim.
Buscando a velocidade.
Ela está sozinha
Sozinha em tempos de necessidade
Pois ele está correndo, contando milhas e demarcando o percurso,
Ele está lutando, mordendo e cavalgando seu cavalo,
Ele vai até o fim.
ahh ahh

Sem troféu, nem flores, nem fotos, nenhuma linha
Ele é assombrando por algo que ele não consegue definir
Terremotos de dúvida e remorso que balançam os intestinos
Acometem-no, empalam-no com a força de um caminhão monstro
Em sua mente ele ainda está dirigindo, continua obtendo sucesso.
Ela espera que o tempo faça suas lembranças irem embora.
Pois ele está correndo, contando milhas e demarcando o percurso,
Ele está lutando, mordendo e cavalgando seu cavalo,

O sol já desceu e a lua subiu
E muito tempo atrás alguém partiu com a taça.
Mas ele está dirigindo e se esforçando e contornando as curvas.
E pensando em alguém por quem ele ainda queima

Ele vai até o fim.
Vai pela velocidade.
Ela está sozinha
Sozinha em tempos de necessidade
Pois ele está correndo, contando milhas e demarcando o percurso,
Ele está lutando, mordendo e cavalgando seu cavalo,
Ele está correndo, contando milhas e demarcando o percurso,
Ele está lutando, mordendo e cavalgando seu cavalo,
Ele vai até o fim.
Vai pela velocidade.
Ele vai até o fim.
ahh ahh

...

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Agora As Coisas Mudaram.



As Coisas Mudaram.

Um homem preocupado com uma cabeça preocupada
Ninguém em minha frente e nada atrás
Há um mulher em meu colo bebendo champagne
Com pele branca, olhos assassinos
Olho para o céu cor de safira
Estou bem vestido, esperando o último trem
Estou na forca com minha cabeça na corda
A qualquer minuto espero que tudo acabe
As pessoas estão loucas e os tempos estão estranhos
Estou encerrado em mim mesmo, fora de alcance
Antes eu me importava, mas agora as coisas mudaram
Este lugar não está me ajudando nada
Estou na cidade errada, eu deveria estar em Hollywood
Por um segundo pensei ter visto alguma coisa se mover
Vou fazer aulas de dança e aprender o jitterbug
Sem atalhos, vou me vestir em trapos
Só um tolo pensaria que tem algo a provar
Muita água passada por baixo da ponte, e muitas outras coisas também
Não se levantem cavalheiros, só estou de passagem
As pessoas estão loucas e os tempos estão estranhos
Estou encerrado em mim mesmo, fora de alcance
Antes eu me importava, mas agora as coisas mudaram
Andei 40 milhas numa estrada ruim
Se a bíblia estiver certa, o mundo vai explodir
Tenho tentado me distanciar de mim mesmo ao máximo
Algumas coisas são quentes demais para que se possa tocar
A mente humana aguenta só um pouco
Não se pode ganhar com cartas ruins
Tenho vontade de me apaixonar pela primeira mulher que eu encontrar
Empurrá-la num barril pela rua abaixo
As pessoas estão loucas e os tempos estão estranhos
Estou encerrado em mim mesmo, fora de alcance
Antes eu me importava, mas agora as coisas mudaram.
Me machuco fácil, apenas não mostro
Você pode machucar alguém e nem saber
Os próximos 60 segundos poderiam ser como uma eternidade
Vou descer bem baixo, vou voar alto
Toda verdade no mundo, no fim amontoa uma grande mentira
Estou apaixonado por uma mulher que nem acho atraente
Sr. Jinx e Sra. Lucy, se jogaram num lago
Não tenho tanta vontade de cometer um erro
As pessoas estão loucas e os tempos estão estranhos
Estou encerrado em mim mesmo, fora de alcance
Antes eu me importava, mas agora as coisas mudaram.
...

domingo, 23 de junho de 2013

Thievery Corp. - Mandala


segunda-feira, 17 de junho de 2013

No Olho do Furação

Sobre Quem Nós Somos


Evolução se torna Revolução


sábado, 15 de junho de 2013

Eu Sou o Indomável



Indomável
 
Sem freios
O vento leva
Como uma brisa
Sem destino certo

É provável
Que não entenda
É sentido
Que não te aguenta

Eu sou o indomável
Só horizonte consegue me entender
 Eu sou o intocável
Nada nesse mundo, consegue me deter

Respiro
Areia e pedra
Resisto
Ao inverno e inferno

Rejeito
A embriaguez
Que me consome
Me corrompendo de vez

Eu sou o indomável
Só o horizonte consegue me prender
Eu sou o intocável
Nada nesse mundo, consegue me deter

Eu sou o indomável
Eu sou o intocável 
...

sábado, 8 de junho de 2013

Um Ponta de Lança Decidido



Ponta de Lança Africano (Umbabarauma)

Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol

Joga bola, joga bola
Corocondô
Joga bola, joga bola
Jogador

Pula, pula, cai, levanta
Sobe, dece, corre, chuta
Abra espaço
Vibra e agradece

Olha que a cidade
Toda ficou vazia
Nessa tarde bonita
Só pra te ver jogar

Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol

Joga bola jogador
Joga bola corocondô
Joga bola jogador
Joga bola corocondô

Rere, rere, rere jogador
Rere, rere, rere corocondô
Rere, rere, rere jogador
Rere, rere, rere corocondô

Tererê, tererê, tererê, tererê
Tererê homem gol
Tererê, tererê, tererê, tererê
Tererê homem gol

Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol
Umbabarauma homem-gol
Essa é a história de Umbabarauma
Um ponta de lança africano
 Um ponta de lança decidido
Umbabarauma
...

domingo, 19 de maio de 2013

Ajoelhado, Meu Deus É o Sol



Meu Deus É o Sol

Muito além da estrada no deserto
Onde tudo se acaba
Tão bom, o espaço vazio
a mente apagada, perdoe, esqueça

Cure-os, fogo brilhante de uma arma
Ajoelhado, meu deus é o sol
Cure-os, com fogo que vem de cima
Ajoelhado, meu deus é o sol

Eu não sei que horas eram
Eu não uso relógio
É tão bom ser uma formiga que rasteja
No topo de uma rocha giratória

Cure-os, fogo brilhante de uma arma
Ajoelhado, meu deus é o sol
Cure-os, com fogo que vem de cima
Ajoelhado, meu deus é o sol

Você os vê se ajoelhando? Pagãos ateístas
Pagãos ateístas sempre querem algo do céu.
...

sábado, 11 de maio de 2013

Quando Os Animais Nascem



Uma Garota Como Eu

Pele quente na noite
E a hora quando os animais nascem
Os crimes da paixão são cometidos

Leve-me à luz da manhã
Leve-me ao seu líder

Ele tomou uma garota como eu
Para trazer-lhe aos seus joelhos
Ele tomou uma garota como eu

Você foi o meu coração
Você é o meu único coração
Mas este ar frio está matando-me
E como fazemos amor
O silêncio, o silêncio
Tentativa de encontrar um fio de um romance fracassado

Ele tomou uma garota como eu
Para trazer-lhe aos seus joelhos
Você tomou uma garota como eu

Estirei a minha face em direção ao céu
Você põe a sua mão por cima da minha boca
Oh tome-me, tome-me ao norte congelado
Patinando, caindo, caindo, abaixo, abaixo, abaixo
Em água fria

Serei o que você quer que eu seja
Para trazer-lhe aos seus joelhos
Sua amante, sua filha
Vamos nos mover no movimento lento
Caindo abaixo, abaixo, abaixo
Em água fria
Você tomou uma garota como eu

Eu nunca poderia deixar esta sala novamente
Feche-me dentro das velhas fotografias
Luz desbotada de uma garota jovem
Modelos, sombras nas paredes
Senhoras pintadas
Eles parecem muito comigo

Ele tomou uma garota como eu
Para trazer-lhe aos seus joelhos
Você tomou uma garota como eu
...

terça-feira, 7 de maio de 2013

No Céu da Sua Boca


segunda-feira, 29 de abril de 2013

Eu Sou Um Pouco Criança



Eu Me Sinto Como Uma Criança

Bem, eu me sinto como uma criança
Sim, eu me sinto como uma criança
Bem, eu me sinto como uma criança
Bem, eu me sinto como uma criança
Do meu ventre para o meu túmulo
Eu acho que eu sempre serei uma criança

Bem, algumas pessoas tentam e me tratam como um homem
Sim, algumas pessoas tentam e me tratam como um homem
Bem, eu acho que eles simplesmente não entendem
Bem, algumas pessoas tentam e me tratam como um homem
Eles acham que eu não sei nada
Mas é justamente isso
Eu sou uma criança

Bem, eu preciso de você para me dizer o que vestir
Sim, eu preciso de você para ajudar e pentear o cabelo
Sim, eu preciso de você para ajudar a amarrar meus sapatos
Sim. Eu preciso que você venha e me divirta
Da minha caverna para minha sepultura
Eu acho que eu sempre serei uma criança

Bem, eu preciso de você para me ajudar a chegar à porta
E eu preciso de você para me andar até a loja
E eu preciso de você para explicar a guerra
E eu preciso de você para me curar quando estou dolorido
Você pode dizer pelo meu sorriso
Que eu sou uma criança

E eu preciso de você para me sentar no seu colo
E eu preciso de você para me fazer tirar meu cochilo
Você pode primeiro retirar um livro e
Leia-me um pouco
Porque eu preciso de você para me fazer tirar meu cochilo

E eu preciso de você para reconhecer os meus amigos
Porque eles estão lá, mesmo que você não os veja
Eles tem sua própria quota de prato e um assento
Você sabe que eu não vou tocar a minha comida, a menos que eles comam
Do telhado ao chão eu vou rastejar um pouco mais
Eu sou uma criança

E eu preciso de você para me ajudar a assoar o nariz
E eu preciso de você para me ajudar a contar os dedos dos pés
E eu preciso de você para me ajudar a colocar minhas roupas
E eu preciso de você para escondê-lo quando ele mostra
De ser o esperma do meu pai para ser embalado em uma urna
Eu sou uma criança

E quando eu roubar você tem que me bater até eu chorar
Você não pode parar até as lágrimas secarem
Veja nasci pensando sob o céu
Não pertencia a um casal de velhos brancos
De sugar o peito da minha mãe
Para quando coloco meu túmulo para descansar
Eu sou uma criança sim

Bem, eu sou um pouco criança
Bem, eu sou um pouco criança
Acho que sou sempre
Uma criança pequena
...

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Seasick Steve Pinkpop 2012

quarta-feira, 17 de abril de 2013

E o Sangue Que Eu Sangro



Meus Garotos

Não há muito que eu sinto que preciso
A alma sólida, e o sangue que eu sangro
Mas com um pouco de gato e por minha esposa
Eu só quero uma casa própria

Eu não ligo para coisas extravagantes
Ou tomar parte na forma dos mais frescos
Mas, para sustentar a minha mina que pedem
Vou trabalhar duro, sobre o túmulo do meu pai
Sobre o túmulo do meu pai

Eu não quero parecer que eu me preocupo com as coisas materiais
Como um status social
Eu só quero quatro paredes de adobe e chapas para os meus meninos

Não há muito que eu sinto que preciso
A alma sólida, e o sangue que eu sangro
Mas com um pouco de gato e por minha esposa
Eu só quero uma casa própria

Eu não ligo para coisas extravagantes
Ou para participar na maneira dos mais frescos
Mas, para sustentar a minha mina que pedem
Vou trabalhar duro, sobre o túmulo do meu pai
Sobre o túmulo do meu pai
Túmulo do pai

Eu não quero parecer que eu me preocupo com as coisas materiais
Como um status social
Eu só quero quatro paredes de adobe e chapas para os meus meninos
...

segunda-feira, 15 de abril de 2013

E oh, Todos os Animais



Pequena Aranha Amarela

Pequena aranha amarela, rindo na neve
Bem, talvez a aranha saiba algo que eu não sei
Porque eu sou tão frio

Pequeno macaco branco, olhando para a areia
Bem, talvez esse macaco tenha descoberto algo que eu não consiga entender
Quem sabe?

Bem, deparei-me com um caranguejo dançante, e eu parei para assisti-lo remexer
Eu disse: "Dance para mim só mais uma vez
Antes de hibernar e você sai de um bolo de caranguejo "

E você aí, pequena tartaruga agarrada, agarrada em uma concha
Ah, há mistérios aí dentro, eu sei
Mas o que são, eu não posso dizer com certeza

E hey ya, pequeno corvo bebê, você aparenta "kind of mean"
Eu acho que devo cuspir antes de começar a deixar fora de seu vapor
Com certeza

E você aí, porquinho sexy, você acasalou com um homem
E agora você tem uma criança com cascos em vez de mãos

E oh, todos os animais
Todos os animais

E ei lá pequeno pássaro, pouco, eles cantam músicas sobre você
Ah, onde você esteve? Você quebrou uma asa?
Eu não te ouço há muito tempo

E você aí, albatroz pouco, nadando no ar
Ah, vamos lá, você sabe que não sei voar
E eu, eu acho que realmente deve jogar limpo

E você aí, o sr lula feliz, você se move tão psicodelicamente
Você hipnotiza com sua dança mágica todos os animais no mar
Com certeza

E oh, todos os animais
Todos os animais

E você aí, Sr. sol da manhã, que tipo de criatura é você?
Eu não posso olhar, mas eu sei que você está lá
Porra, como eu desejo que eu soubesse

E você aí, Senhora amada lua, você está sozinha e você é azul
É um tanto estranha a forma como você muda
Mas, novamente, todos nós o fazemos também 
...

sábado, 13 de abril de 2013

Além de Um Vagabundo



Onde Não Existe A Paz Não Existe O Amor 

Fico sem saber pra onde eu vou
Quando vejo a situação no mundo em que estou
Fico sem saber pra onde eu vou
Quando vejo a situação no mundo em que estou

Destilar meu ódio
Ou só falar de amor
Destilar meu ódio
Ou só falar de amor
Sabe-se lá a diferença
Entre os olhos que enxergam
E os que não querem enxergar
Mas se eu berrar no microfone
Onde não existe a paz não existe o amor...
A subida é longa
E o chão é de pedra
Dificuldade em domar as próprias pernas
O mundo que se move nem sempre a seu favor
Você precisa ter coragem pra provar o seu valor
Mas ao contrario da vontade esquecida por nós dois
O tempo não muda
Não deixa nada pra depois
Mas se eu puder, viver, amar intensamente
Bem mais do que eu odeio tudo ao meu redor
A gente tem que provar todo dia quem a gente é

Fico sem saber pra onde eu vou
Quando vejo a situação no mundo em que estou
Fico sem saber pra onde eu vou
Quando vejo a situação no mundo em que estou

Destilar meu ódio
Ou só falar de amor
Destilar meu ódio
Ou só falar de amor

Sabe-se lá a diferença
Entre os olhos que enxergam
E os que não querem enxergam
Mas se eu berrar no microfone
Onde não existe a paz não existe o amor...
A subida é longa
E a selva é de pedra
Onde os valores apodrecem na miséria
No mundo que se move
Nem sempre a seu favor
Você precisa ter coragem pra provar o seu valor
E a vida é como é, e só há um caminho
Quem não põem fé em si
E Deus, esta sozinho
A gente tem que provar todo dia quem a gente é

Dolarizando a bandeira
Submetendo a questão
A marcha da falência dos valores da nação
Quando o salvador é o próprio vilão
Ele salva o velho mundo
Com uma bala de canhão
Eu sou cachorro louco
Que anda solto no mundo
Sem tempo pra ser nada
Além de um vagabundo
Eu vou com uma galera
Até o topo do mundo
Charlie Brown, Rock N' Roll
Skateboard, quebrando tudo!

Charlie Brown!!!

Fico sem saber pra onde vou
Quando vejo a situação
No mundo em que estou
...

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Senhor, Me Deixe Balançar



Senhor Psicótico Sensual

Há muito, muito, muito tempo atrás
Antes do vento, antes da neve
Viveu um homem, viveu um homem que eu conheço
Viveu uma singularidade da natureza chamado
Sr. Psicótico
Sr. Psicótico Sensual
esse sou eu
Às vezes eu acho que eu preciso gritar
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Ele é uma monstruosidade da natureza
Mas nós o amamos assim
Ele é uma singularidade da natureza
Mas nós o deixamos ir
Dentro o jardim do Éden
Sofrendo com minha ereção sangrando
Há um diabo em meu pau e alguns demônios em meu sêmen
Bom Deus isso não poderia ser traição
Acredite em mim, na véspera ela me deu uma boa razão
Olhando também não é bom estar apertando
Barba cremosa mais quente que uma febre
Eu sou o doador porque ela é a recebedora
Eu não ganhei e não me inibi até satisfazê-la
Fazendo ela sentir-se como outra realizada
Eu levei isso para longe por um minuto só para provocá-la
Então eu dou isso de volta um pouco mais profundo

Sr. Psicótico
Sr. Psicótico sim ele é o homem que eu encontrei uma vez
Sr. Psicótico
Sr. Psicótico sim ele é o homem que me deixou cego
Sr. Psicótico
Sr. Psicótico sim ele é o homem ele é o homem ele é o homem

Ele é uma monstruosidade da natureza
Mas nós o amamos assim
Ele é uma singularidade da natureza
Mas nós o deixamos ir
Eu fui parado por uma policial
Em meu automóvel
Ela disse saia e estenda suas pernas
E então ela tentou roubar um sentimento
Aquela policial estava toda vestida em azul
Ela estava bonita?
Menino eu estou dizendo para você
Ela cravou minhas nádegas com seu grande e preto bastão
Eu disse "O que é?"
Agora chupe meu pau
Como um carneiro não castrado ficando pronto para apertar a ovelha
Ela chorou um pouco quando sentiu minha mão
Em sua virilha quente
Eu pude sentir ela ficando molhada através de seu uniforme
Sustentando-a no preto e azul
Sem animação e deslizando "ooo isto está certo"
Eu dei um tapa nela, como sem pancada pode puxar
Voltou uma virgindade fácil e certa dentro do aperto

Sr. Psicótico
Sr. Psicótico sim ele é o homem que eu encontrei uma vez
Sr. Psicótico
Sr. Psicótico sim ele é o homem que me deixou cego
Sr. Psicótico
Sr. Psicótico sim ele é o homem ele é o homem ele é o homem

Olá jovem mulher que eu amo
Bonita prostituta mamãe do rock em que eu estou pensando
Me abrace despida se você for
Em seus braços, em suas pernas, em sua vulva eu mataria
Para estar com você, para beijar você, eu sinto sua falta, eu te amo
Deite-me... Descendendo, vibrando de prazer gracioso
Para seu amor não existe medida
Suas curvas têm súbito esplendor
Agora eu me deito para dormir
Eu rezo para a prostituta me fazer monstruoso
Se eu morresse antes de acordar
Senhor, me deixe balançar
Entediado pelo tempo ordinário para levar-me à uma viagem
Uma garota falando com um policial
Lambido e derramado vai morder "morder"
Menina arrancando tudo em meu colo
As árvores extravagantes, os bobos doces
Batendo em minha bunda certa no mapa
Ooo e é legal fora de lá
Eu acho que eu ficarei por mais tempo

...

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Eles São Todos Iguais!!



Todos Iguais.

Eu digo foda-se se eles se acharem educados demais pra mim!
Eu digo foda-se se eles se acharem elitizados demais pra mim!
Eu digo foda-se se eles se acharem inteligentes demais pra mim!
Eu digo foda-se se eles se acharem bons demais pra mim!

Eles são todos iguais!!
Eles são todos iguais!!

Meu estilo de vida liberta minha mente
Completamente louco, mas um louco consciente

Eu vivo a vida, é assim que se faz!
...

domingo, 7 de abril de 2013

Eu Vejo Tudo, É Claro!



Novo Alfabeto

Você sabe o que? Estou de bom humor hoje
Bem, eu estou tão feliz que não é ontem
Homem isto foi brutal, com tecidos de planejamento
Acho que você poderia dizer que eu tinha problemas
Bem é bom olhar, eu cavei meu caminho
Eu estou mudando sobre o que é a história

Quando o mundo deixa de fazer sentido
Basta dar no que você pode obter
Quando as pessoas nas ruas começam a olhar como silhuetas
Quando as palavras apenas soar como barulho
Eu preciso de um novo alfabeto
Quando o mundo deixa de fazer sentido
Eu faço um novo alfabeto

Pequenos seres pensantes, com suas formas de pensamento pequenas
Eu não tenho tempo para ouvir o que eles dizem
Este é o meu mundo, eu estou procurando a minha reivindicação
Obrigado pelo convite, não, obrigado assim mesmo
É bom olhar agora, a toda velocidade
Eu vou viver o dia, amanhã eu estou morto

Quando o mundo deixa de fazer sentido
Basta dar no que você pode obter
Quando as pessoas nas ruas começam a olhar como silhuetas
Quando as palavras apenas soar como barulho
Eu preciso de um novo alfabeto
Quando o mundo deixa de fazer sentido
Eu faço um novo alfabeto

Eu vejo tudo, é claro
Está aqui!
Você sabe o que? Estou de bom humor hoje
Bem, eu estou tão feliz que não é ontem
Homem foi brutal, mas é tudo no passado
É bom saber que ele não tem que durar

Quando o mundo deixa de fazer sentido
Basta dar no que você pode obter
Quando as pessoas nas ruas começam a olhar como silhuetas
Quando as palavras apenas soar como barulho
Eu preciso de um novo alfabeto
Quando o mundo deixa de fazer sentido
Eu faço um novo alfabeto
...

terça-feira, 2 de abril de 2013

Das Raízes do Seu Peito



Nós Todos Sabemos

Nós todos sabemos
Que o vento sopra
E que a lua brilha
E nossos pulmões crescem

Nós pertencemos à mão flutuante
Isso é feito por alguns animais

E nós todos dançamos
Nós podemos deixar isso pra lá
E nós nos movemos próximos
E trocamos pequenas coisas

Como o tipo de língua das raízes do seu peito
E isso abala sua pequena e bela clavícula

Um bom amigo
Está andando
Para uma pátria
E uma terra interior

E para ele eu disse
Você pode deixar seus olhos no horizonte da porta morta
Porque você não precisará mais deles

As crianças
rodam a madrugada
E pela manhã
Desaparecem

Elas reaparecem como uma semente de amor
Você sabe que a terra dá a luz aos vegetais

Nós todos sabemos
Nós todos sabemos
Nós todos sabemos
Nós todos sabemos
...
 

quinta-feira, 28 de março de 2013

Existe Um Mundo Além



Cristobal

Roupas rasgadas
Gota negra
Velha égua

Chuva doce
Me acompanha
Pela noite
Até a manhã

Existe um mundo além
Outro mundo além

Existe um mundo além
Outro mundo além

Existe um mundo além
Outro mundo além

Sangue de dragão
Reis magos
Mundo silencioso
Não te ouço

Por essas partes
Vá para casa, yankee
O trabalhador quer estudar
E o aluno segue adiante

Espere-me

Não vá se você for
Não vá se você for
Não vá se você for
...
 

domingo, 24 de março de 2013

The Sound Defects (2008)


The Sound Defects - The Iron Horse

1. Theme From The Iron Horse (4:32)
2. Angels (5:04)
3. Johnny Law (2:25)
4. Poppin’ Wheelies (2:01)
5. War (4:26)
6. Oh My (1:24)
7. You’re Mine (1:34)
8. Take Out (4:45)
9. Dreaming About Dreams (1:15)
10. Da Da Da (1:51)
11. The Fuzz (3:57)
12. Jean Jacket John (1:11)
13. Ain’t Right (3:28)
14. Plan B (1:52)

15. Peace (3:24)

" We make beats.
Beats for your car or your headphones.
Beats for your movie or TV show.
Beats for you to sing along with or rap over.
Beats to make your little sister dance.
This is what we do.
And weve been doing it a while, so were pretty good at it.
So sit back, enjoy the sounds, and let us do what we do best.
"

Download
...

sexta-feira, 22 de março de 2013

Enquanto o Mundo Explode



Enquanto o Mundo Explode

A engenharia cai sobre as pedras
Um curupira já tem o seu tênis importado
Não conseguimos acompanhar o motor da história
Mas somos batizados pelo batuque
E apreciamos a agricultura celeste


Mas enquanto o mundo explode
Nós dormimos no silêncio do bairro
Fechando os olhos e mordendo os lábios
Sinto vontade de fazer muita coisa

...

terça-feira, 19 de março de 2013

Bully: Scholarship Edition


terça-feira, 12 de março de 2013

O Curso de Qualquer Certeza



Qualquer

Qualquer
Traço, linha, ponto de fuga
Um buraco de agulha ou de telha
Onde chova.

Qualquer pedra, passo, perna, braço
Parte de um pedaço que se mova.

Qualquer

Qualquer
Fresta, furo, vão de muro
Fenda, boca onde não se caiba.
Qualquer vento, nuvem, flor que se imagine além de onde o céu acaba
Qualquer carne, alcatre, quilo, aquilo sim e por que não?
Qualquer migalha, lasca, naco, grão molécula de pão

Qualquer
Qualquer dobra, nesga, rasgo, risco
Onde a prega, a ruga, o vinco da pele
Apareça

Qualquer
Lapso, abalo, curto-circuito
Qualquer susto que não se mereça
Qualquer curva de qualquer destino que desfaça o curso de qualquer certeza

Qualquer coisa
Qualquer coisa que não fique ilesa
Qualquer coisa
Qualquer coisa que não fixe.
...

quarta-feira, 6 de março de 2013

Arredio, Pronto Pra Voar



Bocas Ordinárias, Guerrilha 

Eu sou aquele cara que você descartou
Aquele braço forte que você não confiou
Aquele mortal que você sempre ignorou
E que você nunca, nunca vai conseguir superar

Cria de rua sagaz, não se deixa controlar
Arredio, pronto pra voar
Quem é real, sabe o que faz e pode até te ensinar

Incapaz de se importar com alguém
Um cara que você ignorou e desfez
Incapaz de se importar com alguém
Um cara que você ignorou e desfez

Matou a bola da vez
Matou a bola da vez
Matou a bola da vez

Eu sou aquele vento que a tua tenda derrubou
Aquela droga forte que você tomou e pirou
Aquele portal que você nunca atravessou
E que você nunca, nunca vai conseguir superar

Cria de rua sagaz, não se deixa controlar
Arredio, pronto pra voar
Quem é real, sabe o que faz e pode até te ensinar

Incapaz de se importar com alguém
Um cara que você ignorou e desfez
Incapaz de se importar com alguém
Um cara que você ignorou e desfez

Matou a bola da vez
Matou a bola da vez
Matou a bola da vez

Bocas Ordinárias, Charlie Brown, Guerrilha!!!
...

terça-feira, 5 de março de 2013

Somebody On Your Bond



You're gonna need somebody on your bond

Well...
You're gonna need somebody on your bond
You're gonna need somebody on your bond
Lord, Just wait in the midnight when death comes slippin' in your room
You're gonna need, ah, somebody on your bond

I heard the voice of Jesus saying he told me he had risen
Now in the waining midnight hour, I don't hold my breath

You're gonna need somebody on your bond
You're gonna need somebody on your bond
Lord, Just wait in the midnight when death comes slippin' in your room
You're gonna need, ah, somebody on your bond

When you was a gambler, nobody would go your bond
Fell on your knees and began to pray, 'cause Jesus would go your bond

You're gonna need somebody on your bond
You're gonna need somebody on your bond
Lord, Just wait in the midnight when death comes slippin' in your room
You're gonna need, ah, somebody on your bond

It came the day that sad was wearied, wounded side
Bounds that held me left this place they have made me glad

If I've got somebody on my bond
Lord, I've got somebody on my bond
Lord, Just wait in the midnight when death comes slippin' in your room
Lord, I've got somebody on my bond
...

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

E Nós Estamos Sozinhos


quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Além De Mim Para Culpar



Intervalo na Vida

Após o brilho, a cena, o palco
A conversa triste se torna devagar, mas há uma coisa que nunca esquecerei:
Ei, você tem que pagar seus impostos antes de pagar o aluguel
Durante os engarrafamentos e no tráfego
Há maneiras de viver, este é o jeito que estou vivendo certo ou errado
É tudo que posso fazer e eu não gostaria de deixar você partir

Quero um intervalo na vida
Se eu pudesse relaxar
Se eu pudesse relaxar
Tanto quanto eu gostaria

Quero um intervalo na vida
Se eu pudesse relaxar
Se eu pudesse relaxar
Tanto quanto eu gostaria

Fuja dos porcos, dos detetives, dos policiais, do calor
Me dê suas luvas
Há um crime que nunca é completo
Até você cheirar ou por um fim
Você nunca vai se sentir livre
Em cima do meu skate, só cantarolando pela noite
O som dos chicletes sendo mascados serão a vibração que vou seguir
caso meu walkman pare de funcionar
Bem, não tenho absolutamente ninguém
Ninguém além de mim para culpar
Não se preocupe, nós não estamos com pressa
A escola terminou
O que você esperava?

Quero um intervalo na vida
Se eu pudesse relaxar
Se eu pudesse relaxar
Tanto quanto eu gostaria

Quero um intervalo na vida
Se eu pudesse relaxar
Se eu pudesse relaxar
Tanto quanto eu gostaria

Em uma turnê com o Smashing Pumpkins
Crianças naturais, eu e eles não temos função
Não entendo uma palavra do que eles dizem
E eu posso realmente não dar a mínima
Stone Temple Pilots, eles são elegantes celibatários
Pra mim eles são sexy, eles são sexy pra você?
Concordarei que eles merecem absolutamente nada , nada mais do que eu
Sonho, sonho, sonho, sonho, sonho

Tão vivo!
...

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Cheio, Cheio de Pioneiros



U-Mass

No oeste adormecido do leste arborizado
Está um vale cheio, cheio de pioneiros
Não somos mais crianças, para dizer o óbvio
Nós tivemos nossas ideias do que nos importa
Como o capitalismo, como o comunismo
  E diversas outras coisas que vocês ouviram a respeito
  E os racistas que nos deixam putos
  E coisas idiotas que nos fazem gritar
Oh dance comigo, Oh não seja tímida
Oh beije a minha vagina, Oh beije o meu pau
Oh beije o mundo, Oh beije o céu
Oh beije a minha bunda, Oh deixe rolar
Os pássaros migrando e as abelhas de maio
Oh querida
Universidade
De Massachusetts por favor
De Massachusetts por favor

  É didático

  É didático
  É didático
  É didático
  É didático
  É didático
  É didático
...

Clima Mental de Carnaval


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Paranóia À Luz de Velas


domingo, 3 de fevereiro de 2013

Um Canalha Precisa de Afeto



Minha Flor, Meu Amor, Minha Menina

Meu amor minha flor minha menina
Solidão não cura com aspirina
Tanto que eu queria o teu amor

Vem me trazer calor, fervor, fervura
Me vestir do terno da ternura
Sexo também é bom negócio
O melhor da vida é isso e ócio
Isso e ócio

Minha cara, minha Carolina
A saudade ainda vai bater no teto
Até um canalha precisa de afeto
Dor não cura com penicilina

Meu amor minha flor minha menina
Tanto que eu queria o teu amor
Tanto amor em mim como um quebranto
Tanto amor em mim, em ti nem tanto

Minha cora minha coralina
mais que um goiás de amor carrego
destino de violeiro cego

Há mais solidão no aeroporto
Que num quarto de hotel barato
Antes o atrito que o contrato

Telefone não basta ao desejo
O que mais invejo é o que não vejo
O céu é azul, o mar também

Se bem que o mar as vezes muda,
Não suporto livros de auto-ajuda
Vem me ajudar, me dá seu bem

Meu amor minha flor minha menina
Tanto que eu queria o teu amor
Tanto amor em mim como um quebranto
Tanto amor em mim, em ti nem tanto
...
 

Pepe Le Pew Way of Life



Nunca Sairemos das Nuvens



Em Descompasso

Onde estão as musicas de amor?
Pra nos libertar
Muitas pessoas abatidas
Tudo tomando o caminho errado
E eu não sei o que será da vida
Mas se a gente começar a sonhar agora
Deus sabe que nunca sairemos das nuvens

E você esteve tão ocupado ultimamente que não tem achado tempo
Para abrir a sua mente
E ver o mundo girando levemente em descompasso

Sinta a luz do sol em seu rosto
Está em um computador agora
Em direção ao futuro, longe no espaço

E você esteve tão ocupado ultimamente que não tem achado tempo
Para abrir a sua mente
E ver o mundo girando levemente em descompasso

E você esteve tão ocupado ultimamente que não tem achado tempo
Para abrir a sua mente
E ver o mundo girando levemente em descompasso

Diga-me que não estou sonhando, mas nós estamos em descompasso?
Nos estamos em descompasso

Em descompasso
 
...

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Esta Batalha Toda Sozinho


 
Casca de Noz

Nós perseguimos mentiras mal feitas
Nós encaramos o caminho do tempo
E eu ainda luto, e eu ainda luto
Esta batalha toda sozinho
Ninguém para chorar, nenhum lugar para chamar de lar

Meu dom pessoal é estuprado
Minha intimidade é varrida
E ainda acho, e ainda acho
Repetindo em minha cabeça
Se não posso ser eu mesmo, eu me sentiria melhor morto.
...

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Eu Faço Samba e Amor



Samba e Amor

Eu faço samba e amor até mais tarde
E tenho muito sono de manhã
Escuto a correria da cidade que arde
E apressa o dia de amanhã
De madrugada a gente 'inda se ama
E a fábrica começa a buzinar
O trânsito contorna a nossa cama, reclama
Do nosso eterno espreguiçar
No colo da bem vinda companheira
No corpo do bendito violão

Eu faço samba e amor a noite inteira
Não tenho a quem prestar satisfação

Eu faço samba e amor até mais tarde
E tenho muito mais o que fazer
Escuto a correria da cidade. Que alarde!
Será que é tão difícil amanhecer?
Não sei se preguiçoso ou se covarde
Debaixo do meu cobertor de lã

Eu faço samba e amor até mais tarde
E tenho muito sono de manhã.
...