sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Sagrado Seja Meu Caminhar


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

A Obscuridade Fugirá de Ti



Hermes Trismegisto
e
Sua Celeste Tábua de Esmeralda


Hermes Trismegisto e sua celeste tábua de esmeralda

Hermes Trismegisto escreveu
com uma ponta de diamante em uma lâmina de esmeralda

O que está embaixo é como o que está no alto,
e o que está no alto é como o que está embaixo.

E por essas coisas fazem-se os milagres de uma coisa só.
E como todas essas coisas são e provêm de um
pela mediação do um,
assim todas as coisas são nascidas desta única coisa por adaptação.

O sol é seu pai, a lua é sua a mãe.
O vento o trouxe em seu ventre.
A terra é sua nutriz e receptáculo.

O Pai de tudo, o Thelemeu do mundo universal está aqui.
O Pai de tudo, o Thelemeu do mundo universal está aqui.

Sua força ou potência está inteira,
se ela é convertida em terra.

Tu separarás a terra do fogo e o sutil do espesso,
docemente, com grande desvelo.
Pois Ele ascende da terra e descende do céu
e recebe a força das coisas superiores
e das coisas inferiores.

Tu terás por esse meio a glória do mundo,
e
toda obscuridade fugirá de ti.
e toda obscuridade fugirá de ti.

É a força de toda força,
pois ela vencerá qualquer coisa sutil
e penetrará qualquer coisa sólida.
Assim, o mundo foi criado.
Disso sairão admiráveis adaptações,
das quais aqui o meio é dado.

Por isso fui chamado Hermes Trismegistro,
Por isso fui chamado Hermes Trismegistro,

Tendo as três partes da filosofia universal.
Tendo as três partes da filosofia universal.

O que disse da Obra Solar está completo.
O que disse da Obra Solar está completo.

Hermes Trismegisto escreveu com uma ponta de diamante em uma lâmina de esmeralda.
Hermes Trismegisto escreveu com uma ponta de diamante em uma lâmina de esmeralda.
...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Aproveito Minha Passagem



Caminhos do Destino

Mil novecentos e dois mil e quatro
Babylon by Gus -- Vol. I -- O Ano do Macaco
Mr. Black!

Se você me trai e vem dizer que é meu amigo
Eu corro atrás, eu instigo e investigo
Se você pensa em me passar a perna
E não tem noção do perigo
Logo mais não serei eu
Quem vai acertar as contas contigo

Verso em Niterói fumando na escuridão
Que nem no som de Celso Blues Boy na canção, então
Homenageio gente que eu admiro:
Chico Buarque, Van Gogh, Robert De Niro
Francisco França, Mauro Mateus
Nobres e plebeus que foram ao encontro de Deus
A eles que eu me refiro, acidente estúpido ou tiro
Me tiraram os amigos, neles me inspiro
Desencanto repentino
Caminhos do destino, caminhos do divino
Se liga no relato, mulato
Não queimo mais a casa para me livrar do rato
Nem de nenhum cretino
Tipo de gente que se aproxima
Pela forma da batida e da rima
Taças para o alto, mãos para cima
Meninas e meninos, é ferimento leve para firma, eu afirmo
A cara do diabo em contato imediato
Com a sola do meu sapato quando eu rimo

Se você me trai e vem dizer que é meu amigo
Eu corro atrás, eu instigo e investigo
Se você pensa em me passar a perna
E não tem noção do perigo
Logo mais não serei eu
Quem vai acertar as contas contigo

Narrador incansável, brasileiro contente
Nem melhor, nem pior, apenas diferente
Olho da serpente me protege porque enxerga na frente e
O respeito te conserva os dentes
Inimigo oculto camuflado no tumulto
Ou alguém que te chama de irmão, um insulto
Agoniza no meio da confusão que protagoniza
E não desmoraliza a previsão
Reação em cadeia, produto do meio
Veio mostrar ao que veio e a coisa ficou feia
Exemplo desse tempo, sem mané motivo fútil
Aproveito minha passagem de maneira útil
Ligo minhas antenas, não apenas
Pra me desligar de espíritos dignos de pena
O parasita que transita em cena
Baixo Gávea, Savassi, Vila Madalena
Fotogênico no meu papel higiênico
Descarga ralo abaixo com seu jogo cênico, jogo cênico

Se você me trai e vem dizer que é meu amigo
Eu corro atrás, eu instigo e investigo
Se você pensa em me passar a perna
E não tem noção do perigo
Logo mais não serei eu
Quem vai acertar as contas contigo.
...

sábado, 5 de dezembro de 2015

Correspondente De Guerra



Correspondente de Guerra

A uns meses atrás tudo
Mudou pra mim, viajei de Anápolis até
O Heliópolis numa Honda Dream
Uma longa viagem com a cara e com a coragem nada na bagagem
A prima Dolores já morava no lugar
Casada com Hernesto Avellar
Com quem fui trabalhar num bar, ham

Onde aprendi os cálculos e enxergar maldade bem de longe sem binóculos
O bote era um cubículo, pessoas tinham vínculos
Malacos e trabalhadores em um mesmo círculo
Certo dia o Quintino bate o alarme
Que os zome tão na área e prenderam seu veiculo

O pavor no ar desencadeou
Pois o aviso foi tarde
Hoje o Orixá me pressagiou
Vai haver tempestade

Muitas outras guerras eclodirão
A minha volta mil cairão
Isto que você testemunhará
A televisão não transmitirá


Invadiram lá, e tudo eu assisti
Logo de camarote o show de horrores, tinha o ticket
Dos zome da lei eu tive que sumir
O choque chegou na machadada e a porrada vai distribuir

Em proteção no colo de uma meretriz
Uma criança que o catarro escorre do nariz
Levou uma bala de borracha bem no bíceps
Foram os porcos que usam fardas e são bípedes


Uma senhora perambula
E o sangue que escorria em sua mão, coagula
Os milicos fazem corredor polonês
E logo a banca dos malaco foi a bola da vez

Nessa hora eu oro que pare, Deus
E desse mal nos separe
Nessa hora eu oro que pare, Deus
Seus filhos não desampare


Muitas outras guerras eclodirão
A minha volta mil cairão
Isto que você testemunhará
A televisão não transmitirá


Tô numa fria e sinto taquicardia
Eu vejo labaredas na varanda da quitanda do
Quintino
Os milicos no massacre mastigam
E eu posso ver o sangue escorrendo do canino de um suíno
É o capitão funesto, em ação
Um safanão e o seu Hernesto, vai ao chão
Prima Dolores revoltada, vai
Leva um soco e logo desmaiada, cai
A visão arrepia, tô anestesiado

Eu tive um devaneio, me sinto agigantado
Meu povo libertado, agora imaginei
Mas eu fui alvejado, acordado sonhei
Grudado no meu braço havia um estilhaço
Que era feito aço, um torniquete faço
Só peço a Deus pra me resguardar
Recobro as forças e vou lutar

...

Eu Vou Fazer Uma Prece



Chove Chuva

Chove Chuva
Chove sem parar

Pois eu vou fazer uma prece
Prá Deus, nosso Senhor
Prá chuva parar
De molhar o meu divino amor

Que é muito lindo
É mais que o infinito
É puro e belo
Inocente como a flôr

Por favor, chuva ruim
Não molhe mais
O meu amor assim

Chove Chuva
Chove sem parar

Sacundim, sacundém
Imboró, congá
Dombim, dombém
Agouê, obá
Sacundim, sacundém
Imboró, congá
Dombim, dombém
Agouê
Agouê, oh! oh! oh! obá
Agouê, oh! oh! oh! obá
Agouê, oh! oh! oh! obá
...

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Mesmo Feliz Por Estar Triste



Vidinha

Vidinha, como você era tão sortuda?
Vidinha, como você era tão feliz?
Músicas chegam até mesmo na caixa de correio
Músicas continuam chegando mesmo feliz por estar triste

Se você fosse um pássaro como você gostaria de voar?
Se você fosse uma borboleta
Se você fosse um pinguim no fundo do mar
Se você fosse uma abelha

Vidinha, como você era tão sortuda?
Vidinha, como você era tão feliz?
Músicas chegam até mesmo na caixa de correio
Músicas continuam chegando mesmo feliz por estar triste

Se você fosse um pássaro como você gostaria de voar?
Se você fosse uma borboleta
Se você fosse um pinguim no fundo do mar
Se você fosse uma pessoa como eu

Vidinha, como você era tão sortuda?
Vidinha, como você era tão feliz?
Músicas chegam até mesmo na caixa de correio
Músicas continuam chegando mesmo feliz por estar triste

Músicas continuam chegando mesmo feliz por estar triste
...
 

domingo, 29 de novembro de 2015

Verdadeiros Em Algum Lugar



Adormecer

Adormecer
E escapar
Do que a noite vai proteger
Da luz do dia
Nuvem navegante
E onda à deriva
Meus sonhos permitem
O direito de passagem

Algo que eu ainda me atreverei a saber
Deixe que seja meu nome
Abra-se assim como estou sozinho
Esvazie meus olhos
De histórias de que faço parte
Parar de ser eu mesmo
Dia tão cruel
E a noite tão bela
Os contos que eu conhecia
São verdadeiros em algum lugar
...

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

...


domingo, 15 de novembro de 2015

Fazia Calor, Mas Tinha Frio



Santa Maria da Feira

Pensando cada dia, cada hora
Pensando em ti
Caminhando, minha cesta cheia de amoras
São para ti
No início da tarde e à noite
Eu sonho contigo

Lalalala

Comendo pêra
Em Santa Maria da Feira
Que prazer ir
Boa gente
Somente desfrutam, nunca há pena
Para que sofrer
Brincando no mar, na areia
Vivendo assim

Lalalala

Janela branca
Há que vir a manhã
Há que vir outra vez
Esperando
Assim é como eu gasto meu tempo
Esperando Inaniel
E rezando por seu calor, por seu hálito
Sobre a minha pele

Te digo que tudo vai bem aqui
comigo, sobre não dormir
Amigo, eu te imploro, eu te peço
Que ajudes a mim, a mim

Buscando
Com a minha âncora na maré
Nadando em ti
Eu vou andando
Me ouça, estou te chamando
Amo-te, a ti

Através do vale eu encontrei um rio escondido
Me recordo, fazia calor, mas tinha frio
Eu ia morrer

Bianca
Ai Paloma, ai Angelina
Por fim te vi
Por fim te vi
Por fim te vi
...

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Abra Caminho Dos Passos



Fio de Prumo

Laroyê Bará
Abra caminho dos passos
Abra caminho do olhar
Abra caminho tranquilo pr'eu passar

Laroyê Legbá
Tomba o mal de joelhos
Só levantando o ogó
Dobra a força dos braços que eu vou só

Laroyê Eleguá
Guarda ilê, Onã, Orum
Coba xirê desse funfum
Cuida de mim que eu vou pra te saudar
Que eu vou pra te saudar

Muros de concreto infeto
De pedra, cal, cimento, dejeto
Aponta pra cabeça, Ori
A cidade um cronista, Ogi
E a dobra do dorso do operário na rua
Labirinto, fauna, sombra, luz da lua
Aço, peito, flecha, caminho
Magma, lava, inveja, vizinho
Posto de saúde dos anos 80
A.s., benzetacil, cibalena
Vida real dessa filosofia
Máquinas comem você, meio dia

O ponteiro, o relógio, a corrida pro pódio
A estética do mal no terror psicológico
Espelho, perdão, lâmina, credo
Ocupar essa praça, honesto
A favela aguarda atenta ao revide
Manifesto vira piada, declive
Corrida clichê desagradável, pai
Fetiche de playboy é colar com Barrabás
Todos os dias na biqueira alguém vai
Pra deixar um pouco mais a alma em stand by
O que faremos, então? Sem provocar alarde
Sepulcro mediano me mate nessa tarde

Beberemos
  Desta água Nicodemos
Oremos
Pois vamos suar veneno


Laroyê Bará
Abra caminho dos passos
Abra caminho do olhar
Abra caminho tranquilo pr'eu passar
...

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Não Quero Vencer Na Vida



.

Vencer na vida, que porra de vencer na vida mano?
Eu ganhei uma paz enorme quando eu falei:
- Eu não quero vencer na vida, eu quero viver!

Eduardo Marinho
...

terça-feira, 3 de novembro de 2015

O Amor Seria Muito Melhor



Uma Vista Para Apreciar

É uma vista para se apreciar
Quando você tem algumas velhas palavras para formar
E você pode fazer do seu jeito

Ainda assim o amor seria muito melhor
O amor seria muito melhor
Disseram-me

É como milho dourado
E eu amo, é ouro brilhante
É a pequena cabeça dentro do seu pequeno buraco
E na primavera alguns pensamentos cintilantes

Ainda assim o amor seria muito melhor
O amor seria muito melhor
O amor seria muito melhor
O amor seria muito melhor

Isso é como encontrar esperança
Em uma velha canção folk
Que você nunca tinha ouvido
Mas mesmo assim você sabe todas as palavras
E certamente você pode cantar junto

Ainda assim o amor seria muito melhor
O amor seria muito melhor
O amor seria muito melhor
O amor seria muito melhor
Eu sei, eu sei
...

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

É O Segredo Do Negócio



Balada do Asfalto

Me dê um beijo, meu amor
Só eu vejo o mundo com meus olhos
Me dê um beijo, meu amor
Hoje eu tenho cem anos, hoje eu tenho cem anos

E meu coração bate como um pandeiro num samba dobrado
Vou pisando asfalto entre os automóveis
Mesmo o mais sozinho nunca fica só
Sempre haverá um idiota ao redor

Me dê um beijo, meu amor
Os sinais estão fechados
E trago no bolso uns trocados pro café

E o futuro se anuncia num out-door luminoso
Luminoso o futuro se anuncia num out-door

Há tantos reclamos pelo céu
Quase tanto quanto nuvens
Um homem grave vende risos
A voz da noite se insinua
E aquele filme não sai da minha cabeça
E aquele filme não sai da minha cabeça

Rumino versos de um velho bardo
Parece fome o que eu sinto
Eu sinto como se eu seguisse os meus sapatos por aí
Eu sinto como se eu seguisse os meus sapatos por aí

Há alguns dias atrás vendi minha alma a um velho apache
Não é que eu ache que o mundo tenha salvação

Mas como diria o intrépido cowboy, fitando o bandido indócil
A alma é o segredo, a alma é o segredo
A alma é o segredo do negócio
...

domingo, 1 de novembro de 2015

As Mandíbulas Do Inferno



Sente-se, Levante-se

Sente-se, levante-se
Sente-se, levante-se

Caminhe para as mandíbulas do inferno (sente-se, levante-se)
Caminhe para as mandíbulas do inferno (sente-se, levante-se)

A qualquer hora (sente-se)
A qualquer hora (levante-se)

Sente-se, levante-se
Sente-se, levante-se

Podemos te apagar a qualquer hora (sente-se, levante-se)
Podemos te apagar (sente-se, levante-se)

A qualquer hora
A qualquer hora

Sente-se, levante-se

Os pingos de chuva
Os pingos de chuva
Os pingos de chuva
...

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

' Funk ' Jazz - Ours Samplus !



Hip Hop ' Funk ' Jazz - Ours Samplus

00:00 Ours Samplus - Spell On You
04:00 Ours Samplus - Like The Sunshine
08:25 Ours Samplus - Le Parjure
12:00 Ours Samplus - Deep Inside
15:03 Ours Samplus - Trouble
18:22 Ours Samplus - Le Bouton De Manchette
21:10 Ours Samplus - Rainman
23:50 Ours Samplus - Capture Ioiseau
26:28 Ours Samplus - Smile
29:21 Ours Samplus - Sweet Cans
32:00 Ours Samplus - Swingapour
34:29 Ours Samplus - Walk With Me
38:00 Ours Samplus - Fastajazz
41:22 Ours Samplus - Lonely Town
43:51 Ours Samplus - Softly
47:02 Ours Samplus - Joe Black
50:12 Ours Samplus - Alamo

Download

Outros
...

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Allah-Las - "Allah-Las" (2012)




Allah-Las - 'Allah-Las' (2012)

1. Catamaran
2. Don't You Forget It
3. Busman's Holiday
4. Sacred Sands
5. No Voodoo
6. Sandy
7. Ela Navega
8. Tell Me (What's On Your Mind)
9. Catalina
10. Vis-A-Vis
11. Seven Point Five
12. Long Journey


Download
...

sábado, 24 de outubro de 2015

A Journey Into Abstract Hop


sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Nasci Assim, Pobre de Mim



Eu Vim Passear

Sem documento, visto ou mapa astral
Chegava ao mundo uma pessoa normal
Nasci assim, pobre de mim
Sentindo o gosto ruim da vida real
Eu me limito à saudação trivial
Muito prazer em conhecer, tchau

Tanta gente buzinando esqueceu de andar
Veio ao mundo por engano, eu vim passear

Disseram que a vida nesse lugar
Depende da temperatura do ar
Televisão, teto solar para ver
Cerveja e cama para sobreviver

Não me preocupa a quantidade de sal
Um dia salva e no outro dia faz mal
Que gosto tem o que faz bem?
Que gosto tem é o que me importa
...

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Algo Está Pra Me Acontecer



Moon

Olha rapaz
Eu já nem sei
Se já não é tarde demais
Tão devagar
Que eu nem notei
De repente estranho a minha falta de ar

Olho para rua e
Vejo a chuva cair
Dessa vez espero escurecer
Eu sei que algo está pra me acontecer

It might be soon, my heart changes with the moon

Eu pensei
Que era capaz
De te inventar e não voltar atrás
 Tanto faz
Quem vai dizer
Que não era diferente 10 minutos atrás

Sem pressa fico por aqui
Fecho os olhos pra me decidir
Qualquer coisa vai me acontecer
Algo muda perto de você

It might be soon, my heart changes with the moon
...

domingo, 11 de outubro de 2015

Veio O Sol Da Madrugada



Fugiu do Dia

Quem tanto fugiu do dia
E deu de cara com aquela noite
Disse que ao final da estrada

Veio o sol da madrugad
a e foi-se

Percebeu que então sofria
Desde o dia em que cruzou a ponte
Descobriu que a alegria
Não sorri pra quem dela se esconde

Levantou silencioso pra não acordar o seu lamento
Foi então que a luz do dia libertou-se em seu pensamento
Percorreu o fim da estrada e descobriu que não havia nada
Mas sorrindo percebeu que a alegria era a própria estrada
Não olhou pra trás
...

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

E Acreditava Ser Alguém



Dinossauros

Hoje eu me sinto
Como decerto se sentiram os dinossauros
Quando de longe lá no alto avistaram
Iluminado no espaço sideral

Vinha de cima
Sobrevoando pelas ruas e telhados
E parecia dar aquilo que esperavam
Bem no início da história ocidental

É, talvez
A sua imaginação
Esteja tão limitada por problemas reais

Hoje eu me sinto
Como decerto se sentiram os astronautas
Quando souberam que de frente para a lua
Não voltariam pro Cabo Canaveral

Sobrevoavam
Observando os telhados lá de cima
E prometiam para todos que esperavam
Alguma foto da notícia no jornal

Hoje eu extinto,
Já nem lembro como era no começo
Quando sabia tudo o que me esperava
E acreditava ser alguém especial

E parecia que aquela vida era mais uma viagem
Se algum momento fomos todos dinossauros
Hoje restamos só poeira espacial
...

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

De Ter um Amor de Verdade




Retrato Pra Iaiá


Iaiá, se eu peco é na vontade
De ter um amor de verdade
Pois é, que assim, em ti, eu me atirei
E fui te encontrar
Pra ver que eu me enganei

Depois de ter vivido o óbvio utópico
Te beijar
E de ter brincado sobre a sinceridade
E dizer quase tudo quanto fosse natural
Eu fui praí te ver, te dizer

Deixa ser como será
Quando a gente se encontrar
No pé, o céu de um parque a nos testemunhar
Deixa ser como será
Eu vou sem me preocupar
E crer pra ver o quanto eu posso adivinhar

De perto eu não quis ver
Que toda a anunciação era vã
Fui saber tão longe
Mesmo você viu antes de mim
Que eu te olhando vi uma outra mulher
E agora o que sobrou
Um filme no close pro fim

Num retrato-falado eu fichado
Exposto em diagnóstico
Especialistas analisam e sentenciam
Oh, não!

Deixa ser como será
Tudo posto em seu lugar
Então tentar prever serviu pra eu me enganar

Deixa ser como será
Eu já posto em meu lugar
Num continente ao revés
Em preto e branco, em hotéis
Numa moldura clara e simples
Sou aquilo que se vê
...

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

The Beastie Boys The Mix Up



Beastie Boys - The Mix Up (2007)


1. B For My Name
2. 14th St. Break
3. Suco de Tangerina
4. The Gala Event
5. Eletric Worm
6. Freaky Hijiki
7. Off The Grid
8. The Rat Cage
9. The Melee
10. Dramastically Different
11. The Cousin Of Death
12. The Kangaroo Rat


Download
...

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Cante Algo Bom Para Mim



Mr. Bobby

As vezes eu sonho com a realidade
As vezes eu me sinto tão desaparecido
As vezes eu sonho com um selvagem, selvagem mundo
As vezes eu me sinto tão só

Hey Bobby Marley
Cante algo bom para mim
Este mundo louco
É uma emergência

Esta noite eu sonhei com fraternidade
Esta noite eu disse: Um dia!
Um dia meus sonhos vão se tornar realidade
Como Bobby disse para mim

Hey Bobby Marley
Cante algo bom para mim
Este mundo louco
É uma emergência

Hey Bobby Marley
Cante algo bom para mim
Este mundo louco
É uma emergência...

Esta noite eu vi da minha janela
E eu não consigo ver nenhuma luz
Esta noite eu vi da minha janela
E eu não consigo ver nenhuma certeza
...

domingo, 20 de setembro de 2015

Como Se Fosse Um Náufrago



Construção

Amou daquela vez como se fosse a última
Beijou sua mulher como se fosse a última
E cada filho seu como se fosse o único
E atravessou a rua com seu passo tímido
Subiu a construção como se fosse máquina
Ergueu no patamar quatro paredes sólidas
Tijolo com tijolo num desenho mágico
Seus olhos embotados de cimento e lágrima
Sentou pra descansar como se fosse sábado
Comeu feijão com arroz como se fosse um príncipe
Bebeu e soluçou como se fosse um náufrago
Dançou e gargalhou como se ouvisse música
E tropeçou no céu como se fosse um bêbado
E flutuou no ar como se fosse um pássaro
E se acabou no chão feito um pacote flácido
Agonizou no meio do passeio público
Morreu na contramão atrapalhando o tráfego
Amou daquela vez como se fosse o último
Beijou sua mulher como se fosse a única
E cada filho como se fosse o pródigo
E atravessou a rua com seu passo bêbado
Subiu a construção como se fosse sólido
Ergueu no patamar quatro paredes mágicas
Tijolo com tijolo num desenho lógico
Seus olhos embotados de cimento e tráfego
Sentou pra descansar como se fosse um príncipe
Comeu feijão com arroz como se fosse o máximo
Bebeu e soluçou como se fosse máquina
Dançou e gargalhou como se fosse o próximo
E tropeçou no céu como se ouvisse música
E flutuou no ar como se fosse sábado
E se acabou no chão feito um pacote tímido
Agonizou no meio do passeio náufrago
Morreu na contramão atrapalhando o público

Amou daquela vez como se fosse máquina
Beijou sua mulher como se fosse lógico
Ergueu no patamar quatro paredes flácidas
Sentou pra descansar como se fosse um pássaro
E flutuou no ar como se fosse um príncipe
E se acabou no chão feito um pacote bêbado
Morreu na contramão atrapalhando o sábado

Por esse pão pra comer, por esse chão pra dormir
A certidão pra nascer e a concessão pra sorrir
Por me deixar respirar, por me deixar existir,
Deus lhe pague
Pela cachaça de graça que a gente tem que engolir
Pela fumaça e a desgraça, que a gente tem que tossir
Pelos andaimes pingentes que a gente tem que cair,
Deus lhe pague pela mulher carpideira pra nos louvar e cuspir
E pelas moscas bicheiras a nos beijar e cobrir
E pela paz derradeira que enfim vai nos redimir,
Deus lhe pague
...

sábado, 19 de setembro de 2015

Se Movem Agora e Sempre



Dias da Serpente

Aqui estamos
Neste planeta
Neste momento
Estamos
O que construímos e o que desconstruimos até aqui
Estamos
O que somos
O que achamos que somos
Células
Ossos
Carne
Sangue
Cromossomos
Espíritos
Que se movem agora e sempre
Realidade
Dimensões
Agora e sempre

A serpente
Devorando a sua própria cauda
A serpente
um último impulso
O mais violento e devastador
Circuito emocional negativo
Espíritos vagando com ou sem seus corpos
À procura de um propósito
Significado ou sentido

O momento do vento é forte
O momento de vento forte
Dias da serpente

Enxergar amplamente
Enxergar além
É vital para a sobrevivência de sua mente
Transmutação é a palavra chave
Dias luminosos virão
Dias trevosos estão
Dias da serpente
Preso no passado
Com saudade do futuro
Ausente
Longe do presente
...

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

...


domingo, 30 de agosto de 2015

A Chave Que Abre O Céu



A Palavra Certa


Atravesso a noite com um verso
Que não se resolve
Na outra mão as flores
Como se flores bastassem
Eu espero
E espero
Não funcionam luzes, telefones
Nada se resolve
Trens parados, carros enguiçados
Aviões no pátio esperam
E esperam
A chave que abre o céu
D´aonde caem as palavras
A palavra certa
Que faça o mundo andar
...

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Air - La Femme D'Argent


quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Estar Correndo É Uma Vitória


O Choro é Livre

Os avós dos nossos avós a muito foram esquecidos, nós todos deixaremos de viver em breve, a vida é uma brevidade, um relâmpago mágico, ainda assim há que não consiga fazer nada por achar que vai durar pra sempre, que amanha fará o que não fez hoje, que terá tempo de sobra, meus amigos...num dia nascemos, no outro temos 7,10 15,18,21,30,33,40,50... com sorte uma velhice feliz, cercados daqueles que amamos, ou sentindo a falta daqueles que se foram, não dará tempo de fazer tudo, amar todos, dar e receber todo o amor que nos cabe, corra o máximo que puder para fazer o que gosta, se sentir bem, estar em paz, o resto é apenas um ilusionista decadente com truques manjados a nos distrair, a nos tomar a única coisa que realmente nos pertence, o tempo que nos resta de vida!
...



Corra, Garoto, Corra


Corra, garoto, corra
Este mundo não foi feito para ti
Corra, garoto, corra
Eles estão tentando te pegar
Corra, garoto, corra
Estar correndo é uma vitória
Corra, garoto, corra
A beleza jaz atrás do montes

Corra, garoto, corra
O sol estará te guiando
Corra, garoto, corra
Eles estão dando a vida para te deter
Corra, garoto, corra
Esta corrida é uma profecia
Corra, garoto, corra
Fuja da sociedade

Amanhã é outro dia
E não terás de te esconderes
Serás um homem, garoto!
Mas por enquanto é hora de correr.
É a hora de correr

Corra, garoto, corra
Esta corrida é uma jornada
Corra, garoto, corra
O segredo dentro de ti
Corra, garoto, corra
Esta corrida é uma profecia
Corra, garoto, corra
E some diante as árvores

Amanhã é outro dia
E não terás de te esconderes
Serás um homem, garoto!
Mas por enquanto é hora de correr.
É a hora de correr

Amanhã é outro dia
E quando a noite for embora
Serás um homem, garoto!
Mas por enquanto é hora de correr.
É a hora de correr

...


sábado, 15 de agosto de 2015

É Compasso Por Compasso



A Maldição do Samba

Quer dançar? Quer dançar? Então prepara
A maldição bateu, sambou, nunca mais para
E tá na cara, a raiz tá cravada no chão

Do tronco ao fruto com a nave mãe fazendo a conexão
E sangue bom, eu disse, sangue bom
Tem coisas que invadem o coração já disse o João, não
Ninguém faz samba porque prefere
Sobre o poder da criação força nenhuma no mundo interfere
E fabricado em série ou coringa do baralho?
Resistência cultural casa do caralho
E passo a passo foi tomando conta de mim
É coisa fina, dj com tamborim

Fortaleceu meus braços, abriu minha cabeça
Um ser humano digno, aconteça o que aconteça
Hip hop Rio, um punhado de bamba
E sabe o que que é isso?
A maldição do samba

O gringo subiu no morro e bebeu cachaça
Fumou maconha e obteve a graça
Depois do samba sua vida nunca mais foi a mesma

Show time a batida arregaça o melhor som da praça
O grave racha o muro e o agudo quebra a vidraça
Na vida tudo passa não é nada que se faça
Mas rima após rima não é de graça
Show time agora sabe como é que é samba no pé
Samba samba no pé
A percussão é eletrônica, a favela na internet
O coco é enlatado e a banana é com chiclete

A maldição do samba

O flow é na batida e o relógio tic-tac
É papel e caneta o coração deu piripaque
Globalizado ou não eu mantenho os meus laços
Do hip hop ao samba é compasso por compasso
Nem feliz, nem aflito, nem no lugar mais bonito
Nada mais interfere no quadro que eu pinto
A bênção velha guarda o samba de terreiro
A maldição te pega no Rio de Janeiro.

A maldição do samba
...

domingo, 2 de agosto de 2015

...

.

Houson fuck off, we had a nice day!

.

...

terça-feira, 28 de julho de 2015

...


sábado, 25 de julho de 2015

Flutue Correnteza Abaixo



O Amanha Nunca Se Sabe
 

Desligue sua mente, relaxe e flutue correnteza abaixo
Não está morrendo, não está morrendo
Renuncie a todos os pensamentos, renda-se ao vazio,
Está brilhando, está brilhando
Ainda que você possa ver o significado de dentro
Está sendo, está sendo
O amor é tudo e o amor é todos
Está sabendo, está sabendo
Que a ignorância e o ódio enlutam os mortos
Está crendo, está crendo
Mas ouça a cor dos seus sonhos
Não está indo embora, não está indo embora
Então jogue o jogo "Existência" até ao fim
Desde início, desde o início
...

...



Yer Blues

Sim, estou sozinho
Quero morrer.
Sim, estou sozinho
Quero morrer.
Se já não estou morto...
Oh, garota, você sabe o motivo disso.

De manhã
Quero morrer.
No anoitecer
Quero morrer.
Se já não estou morto...
Oh, garota, você sabe o motivo disso.

Minha mãe partiu do céu.
Meu pai partiu da terra.
Eu parti do universo.
E você sabe o que isso vale

Estou sozinho
Quero morrer.
Se já não estou morto...
Oh, garota, você sabe o motivo disso.

A águia pega meu olho.
O verme lambe meu osso.
Eu me sinto tão suicida.
Como o Senhor Jones,do Dylan.

Sozinho
Quero morrer.
Se já não estou morto...
Oh, garota, você sabe o motivo disso.

Uma nuvem preta passou pela minha mente.
Uma neblina azul encobre minha alma.
Me sinto tão suicida.
Até odeio meu Rock N' Roll.

Quero morrer
Sim,quero morrer.
Se já não estou morto...
Oh, garota, você sabe o motivo disso.

...

sexta-feira, 24 de julho de 2015


Odyr
...
.

terça-feira, 21 de julho de 2015

Worry Worry Worry Worry


domingo, 19 de julho de 2015

...



Um Garoto Chamado Charlie Brown


Nos caminhos de um menino
Todo dia é um dia especial
De revelações, de novas emoções,
Onde não existe bem e o mal
É uma espécie de magia que só as crianças têm
De só encontrar beleza e de evitar tristeza
E viver a vida que convém.

Assim vive o nosso Charlie,
Num mundo de fantasia
Igual a qualquer um
E sem favor algum
É um fabricante de alegria.
Num sorriso de criança,
É que a gente vai buscar,
Aquela sensação que vem ao coração
De voltar a infância e lá ficar.

Nos caminhos de um menino,
Há também os dias de aprender
E as desilusões não passam de lições
e somente ensinam a viver

É uma espécie de magia,
Que só as crianças têm
De só encontrar beleza e de evitar tristeza
E viver a vida que convém

Assim vive o nosso Charlie,
Num mundo de fantasia
Igual a qualquer um
E sem favor algum
É um fabricante de alegria.
Num sorriso de criança,
É que a gente vai buscar,
Aquela sensação que vem ao coração
De voltar a infância e lá ficar.
...

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Do Impasse Que Me Impede


Arnaldo Antunes

...

À Noite Eu Choro Sozinho



Eu Choro Sozinho

Minha menina, minha menina tinha um poder sobre mim
Tão forte, tão forte que eu não podia ver
Menina, ela tinha um poder sobre mim, ela segurava tão apertado que eu não podia ver
Minha menina, minha menina tinha um poder sobre mim
Um dia, um dia eu a deixei ir
Doeu, doeu tanto, você nunca saberá
O dia que eu tive que deixá-la ir, doeu tanto que você não pode imaginar
Um dia, um dia eu a deixei ir
À noite, à noite eu choro sozinho
Eu lamento, eu lamento até o amanhecer
À noite, eu choro sozinho, eu lamento a noite toda, até o amanhecer
À noite, à noite eu choro sozinho
...


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Empacotado Corretamente



Aero Zeppelin


O que é a estação do amor se você não pode ter tudo?
O que é a razão do amor se você pode perder tudo?
O que significa o amor, é um crime em qualquer coisa?
O que significa o amor? É um crime, é um crime

Como pode uma cultura esquecer seu plano de ontem?
E você jura que não é tendência, não importa de qualquer maneira
Não há nenhuma necessidade falar aos amigos, nada novo todo dia
Você poderia cagar em cima das escadas, vocês serão amigos

Todas as crianças comerão isso, se for empacotado corretamente
Isso deveria irritar subitamente?
Mantenha o movimento igualmente
Tudo que eu sei é apenas o fato de que o mundo é hoje em dia
Uma ideia que nos falta, não importa de qualquer maneira

Todas as crianças comerão isso, se for empacotado corretamente
O filho ainda o imita, continue caindo igualmente
Tudo que eu sei é apenas o fato de que o mundo é hoje em dia
Uma ideia que nos falta, não importa de qualquer maneira
...

terça-feira, 16 de junho de 2015

Sangrando, Você é Sortudo


Eu queria ter feito uma postagem de dia dos namorados, e até fiz, mas não quis aceita-la, e não tive coragem de postar.

Mas assistindo um filme hoje - A Long Way Down, sobre um grupo de desesperados que se encontram por acaso no topo de um prédio, na noite de ano novo com o mesmo intuito de se matar, ouvi uma música, velha conhecida, que retrata bem meu
Valentine's Day

E então eu posso fazer uma postagem pro dia dos namorados que faz jus:


http://loucoslargados.blogspot.com.br/2013/09/somos-juventude-selvagem.html
...

sábado, 13 de junho de 2015

Eu Disse Que Estou Cansado



Esperando Pelo Arrebatamento

Eu ainda não sei o que eu estava esperando
Um grande amor a cair do céu
Ela pegou minha mão e me levou para cima do chão
Ela tornou-se a menina dos meus olhos

Eu disse que estou cansado
Venha me tirar do carrossel
Eu estou por um fio
Me alimente e então me deixe triste

Ela chegou até mim
Não me lembro o que ela disse
Porque, eu estava em transe e me esqueci de tudo
Martelando sobre toda aquela
Revolução na cabeça dela
Ela faz o amor parecer tão mágico

Ela disse, estou cansada
Venha me tirar do carrossel
Eu estou por um fio
Bem, o céu deve ter te enviado
Para me salvar para o arrebatamento, sim

Estou cansado
Venha me tirar do carrossel
Eu estou por um fio
Me alimente e então me deixe triste
...

quarta-feira, 10 de junho de 2015

O Campo Da Minha Mente



Mantenha Seus Olhos Abertos

Não olhe, apenas mantenha seus olhos abertos
Descuidado, perambulando o campo da minha mente
Passageiro, nunca mais atrás do volante
Perigo, monstros de fumaça e espelho
Devagar, alguém tão perdido pode se encontrar?

E eu sei que você nunca vai acreditar
Eu finjo que estou bem
Se a vida é apenas um sonho, então
Me acorde

Folhas caídas percebem que não são amigas do outono
A visão do inferno é céu azul
Tão ameaçadoramente azul
Eu sonho acordado até todo o azul sumir

E eu sei que você nunca vai acreditar
Eu finjo que estou bem
Se a vida é apenas um sonho, então
Me acorde

Debaixo d'água há outra vida
Desconsiderando todo mito que escrevemos
Impacientemente vivo
Boneca de trapos balançando
De novo e de novo, arquejando de horror
Tão sem ar que você sobe a superfície
Assim como a próxima onda

Sorriso grande, realmente mostrando os dentes
Sem nenhuma preocupação ou medo
Solitário, você não sabe como eu me sinto
Louve a deus, nada é o que parece
...

sábado, 6 de junho de 2015

Nenhum Espaço Para Fingir



Eu Pareço Desaparecido

Chamando todos os comandantes, prisioneiro à solta
Descrição: Igualzinho a mim,
Exceto pelo buraco em forma de coração onde a esperança se vai

Me dê um choque acordado, me rasgue em pedaços
Fixado como uma nota dentro de uma roupa de hospital
Uma prisão de sono, profundamente agora
A toca do coelho nunca será encontrada
Novamente...

Onde você está se escondendo, meu amor?
Arremessado como uma pedra, sentimentos...
Crus e expostos quando estou fora de controle
Pedaços foram roubados de mim ou ouso dizer, foram doados
Assistindo a água ceder enquanto eu entro pelo ralo
Eu pareço desaparecido agora

Eu vou sumindo, não existo mais
Um dia, eu espero, serei alguém que você sentirá falta

Me dê um choque acordado, me rasgue em pedaços
Fixado como uma nota dentro de uma roupa de hospital
Uma prisão de sono, ainda mais pra baixo
A toca do coelho nunca será encontrada
Só é "cair em amor" por que você atinge o chão

Dançando no fio os dois lados estão em chamas
Me deixe ir
Nenhum lugar para correr, nenhum espaço para fingir
Passeando ao longo da estrada na noite de verão

Eu vou sumindo, não existo mais
Um dia, eu espero, serei alguém que você sentirá falta

Me dê um choque acordado, me rasgue em pedaços
Fixado como uma nota dentro de uma roupa de hospital
Uma prisão de sono, ainda mais pra baixo
A toca do coelho nunca será encontrada

(Não chore) Com meus dedos sobre a borda é uma visão tão linda
(Por dentro) Eu nunca amei nada, até que amei você
(Confie) Eu estou no limite, o que posso fazer?
(Luz do sol) Eu nunca amei nada, até que amei você
(Não chore) Com meus dedos sobre a borda é uma visão tão linda
(Por dentro) Eu nunca amei nada, até que amei você
(Confie) Eu estou no limite, o que posso fazer?
(Luz do sol) Eu caí.
...

sábado, 9 de maio de 2015

Vou Ser Regido Pela Estrada



Homem de Prazeres Simples

Eu sou um homem de prazeres simples
Eu tenho tudo que preciso, então me de algumas doses de whisky
Com os olhos confusos eu vejo muito claramente
Falar nisso, estou indo embora

Toda a minha vida eu fui tratado como um idiota
Mas ninguém me faz de idiota

Aqui vou eu mais uma vez
Esforçando-me muito para fingir
Que há um futuro nas suas regras feitas pelos homens
Eu vou ser regido pela estrada
Me livrar desse fardo pesado
Eu vi o seu futuro
Então deixe-me sozinho no passado

Disseram-me que o mundo está quase acabando
Mas quando eu olho para fora os pássaros estão sempre cantando
Você joga gravetos e ossos, lembre-se que todo cachorro um dia vai morrer
Eu estou indo embora
Toda a minha vida eu fui tratado como um idiota
Mas ninguém me faz de idiota

Aqui vou eu mais uma vez
Esforçando-me muito para fingir
Que há um futuro nas suas regras feitas pelos homens
Eu vou ser regido pela estrada
Me livrar desse fardo pesado
Eu vi o seu futuro
Então deixe-me sozinho no passado

Vá em frente, deixe que a justiça te leve para casa
Para onde você pertence
Eu vou ficar, ouvir minhas músicas favoritas
Aqui é o meu lugar
Você não vai me levar para um passeio
Eu sou muito rápido para você me acompanhar
Você não vai me levar para um passeio
Nunca prenda um homem que não precisa de dinheiro

Você não vai me levar para um passeio
Eu vou descer

 

"I'm not gonna be standing in the line 
Waiting for you just pick me out "
...

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Não Posso Perder O Controle



Açougueiro Blues

Coco acredite em mim
Eu sou um homem solitário
Eu quero ficar de porre e tropeçar em alguns fios
Eu quero ser levado para debaixo da terra
Eu disse isso, você tem que acreditar em mim
Quando eu digo que estou lutando com os mortos
Jazendo abaixo durante a noite
Consegue ver os caroços na minha cabeça?
Mas ouço essas vozes que apenas ficam cantando...
Dizendo...
"Eu apenas não posso perder o controle"
"Eu apenas não posso perder o controle"
Disseram isso..."Eu apenas não posso perder o controle"

Vagueio pelo pavimento intrincado
Tentando marcar algum amor
No canto da cidade
Comparando rostos com salários
Acho que você nunca esteve aqui pela sua cara
Ficando com todas as prostitutas e canibais
Na raça censurada

Cantando...
"Eu apenas não posso perder o controle"
"Eu apenas não posso perder o controle"
Diziam isso...
"Eu apenas não posso perder o controle"
"Eu apenas não posso perder o controle"

Ouço essas vozes
...

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Exatamente Como Eu, Sim!



Na Minha Árvore

Aqui em cima de minha árvore
Jornais não me importam
Sem mais pés-de-cabra em minha cabeça...
Em vez disso estou trocando histórias com as folhas

Aceno para meus amigos, sim
Eles não parecem me notar, não
Seus olhos todos treinados nas ruas, hey, oh
Calçadas, cigarros e junções, (tentado)
Aqui, tão alto eu começo a tremer
Aqui, tão alto eu raspo o céu
Estou tão alto, eu seguro apenas um fôlego em meu peito
Como a inocência

(Eddie desceu até seu lar)
(Oh, o céu azul é o lar dele)
(O céu azul é o lar do Eddie)
(Oh, o céu azul é o lar dele)

Eu me lembro quando
Eu jurei que sabia tudo
Digamos que o conhecimento é uma árvore, sim
E está crescendo exatamente como eu, sim
Estou tão leve que o vento me sacode
Estou tão alto que posso raspar o céu
Estou tão leve que com apenas um fôlego volto para meu ninho
Durmo com inocência

Aqui, tão alto, os galhos se quebram
Aqui, tão alto, raspo o céu
Tenho meus olhos puros e bem abertos, e tenho uma visão
Da minha inocência, tenho de volta meu sentimento interior
Baby, eu ainda a tenho, ainda a tenho
...

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Somos Os Últimos Beatniks



Vlad O Empalador

Rosto verificado, caminho esta praia
Estou fritando no calor do caldeirão no qual me mexem
Mastigando os meus dentes de diamante, eu não tenho
Aquela coisa simples da vida, e me sinto como se
Você tivesse que testemunhar
Este é o seu último refúgio
Minha última repetição

Todos os meus amigos são mais afiados do que lâminas
Eles te cortam se você tocar nos outros
Garotas de classe alta penduradas nos elevadores
Agora nós temos que atingir o chão

Se solte, se solte

Não tem como você me acertar, eu ainda estou vivo
Com sapatos de pele de cobra, estou implorando por um homicídio
Venha cá e sinta isso, eu ainda estou vivo
O palhaço vai te encontrar do outro lado

Banshie*, eu ouvi você chamar
Precisamos ressuscitar os mortos, precisamos ressuscitar as pessoas
Com a garganta cortada, este sangue corre grosso
É verdade que as pequenas coisas da vida se perdem
Você tem que testemunhar
Nós somos os últimos beatniks
Os últimos hereges

Todos os meus amigos são mais afiados do que lâminas
Eles te cortam se você tocar nos outros
Preste atenção em todas as suas farsas
Agora nós temos que atingir o chão
Agora nós temos que atingir o chão

Se solte, se solte

Não tem como você me acertar, eu ainda estou vivo
Com sapatos de pele de cobra, estou implorando por um homicídio
Venha cá e sinta isso, eu ainda estou vivo
O palhaço vai te encontrar do outro lado
...


*"Banshie" na tradição escocesa e irlandesa é uma fada que prediz a morte de algum membro da família
...

sábado, 11 de abril de 2015

Tá de Parabéns, Bonitão!


Caralho hein, irmão?!
Pra quem tava mó xororô a pouco, que noite hein!?
Se você contar ninguém acredita!

QUE NOITE!

Tá de parabéns, bonitão!

TÁ DE PARABÉNS!

O MAIOR CAPITÃO DE TEMPESTADE DE TODOS OS TEMPOS!

HAHAHAHAHAHAHA

É NÓIS!

...

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Será Que Isso Tem Fim?



Ano em Revisão

Por que você sempre quer amar aqueles que te machucam?
Em seguida, sofrer quando eles vão e te abandonam
Não, oh não
É tão difícil deixá-los ir
Veja-os se dispersarem quando você começa a fazer perguntas
Como ''por que estamos sempre na direção errada?''
Vergonha, uma vergonha
Mas você está fazendo isso de novo

Você não quer saber mais
E você já passou por isso antes
Então, deixa pra lá
Apenas deixe pra lá

E quando ouve sobre as mentiras que os outros estão dizendo
Só sei que eles falam porque não têm um rumo
Oh, eles tentam
Olha como dói o seu orgulho
Você nunca consegue encontrar uma alma que está sem dor dentro
Assim como você nunca vai encontrar um cantor sem esse pecado, sem pecado
Será que isso tem fim?

Você não quer saber mais
E você já passou por isso antes
Então, deixa pra lá
É só deixar pra lá
Não, isso não é nada novo
A única coisa que você tem é você
Então, deixa pra lá
É só deixar pra lá
...

quarta-feira, 8 de abril de 2015

A Flecha do Tempo Voar



A Forte Flecha do Tempo


Fluxo de éter acima, cores momentâneas correm
Tempo, tão lento.

Eu nunca vi a flecha do
tempo voar, assim, tão devagar.

E o tempo flui.
...

Mas Nós Estaremos Aqui!

...
Vamos conversar meu amigo, o que está acontecendo, por que você está tão aflito e desesperado?
É o amor? O amor de sempre, que mentiram pra você desde a adolescência, aquele que transmuta sempre em algo que se vai, se perde, e torna-se mais uma morte na sua cabeça já tão triste pelas mágoas desse mundo?
Sim!
Meu querido amigo, estamos juntos a tanto tempo... e bem nos conhecemos, entre raios e trovões, a sua vida sempre foi tempestade, e lá estava você propositalmente navegando entre ondas gigantes, violentas, e pude te ver atravessar todas elas sem muita dificuldade, observo-te desde teu nascimento, e que filme incrível!
Não há necessidade para o desespero, lá fora há apenas mentiras sórdidas e falcatruas baratas, os mesmos fazendo o de sempre...
Não se culpe por não fazer parte dessa merda, agradeça, como sempre foi!
Você procura salvação, você quer o amor que é capaz de dar?
Sim!
Então cuide do amor próprio, o amor que sente por si, que anda perdido, esquecido e abandonado!
Só te encontro triste, chorando, confuso e assustado, trancado num pesadelo terrível!
E já faz muito tempo!
O que você pode fazer por si mesmo?
Que tal começar a se ajudar?
Você precisa começar a pensar nisso, a vida é curta, e de onde eu vejo, você é um faminto patético, numa cidade de merda.
Não que você tenha que conquistar o mundo, não há nada no mundo que você queira conquistar, quem sabe apenas uma existência profunda, um amor profundo, um sentimento profundo...você como artista procura pela arte com a mesma paixão que a cria, todo o resto são apenas bobagens e sabemos disso desde a adolescência, não há nada na corrida do ouro que você almeje, e não queira começar agora, está claro que o mundo está a venda, mas quem quer comprar um prato de merda?
Estivemos por aí observando calmamente tudo e todos, e os problemas são sempre os mesmos, essas hordas de idiotas, a massa, a televisão, os catedráticos , as verdades falsas, as mentiras sinceras...
Não que você tenha que dar as costas ao mundo, não é necessário, ele já faz isso por você por uma lei natural; você não se encaixa à sociedade a qual vive, faz parte, e depende.
Por algum motivo desconhecido há em você um discernimento sobrenatural da ordem natural das coisas, você pode ver além da espessa névoa, você pode ouvir através da grossa parede, você tem uma visão de 360° e isso meu querido amigo, é um problema enorme, porque você carrega isso como uma maldição pendurada nas janelas do crânio, e todos podem ver ao olharem pra você!
Seus olhos só carregam verdades, e isso se reflete na vista de quem te vê, justamente por isso você é tão evitado, vilipendiado, seu olhar reflete a mentira que os outros emitem, como um espelho que mostra aos feios suas feiuras o tempo todo.
E é triste meu amigo, nós sabemos, é muito triste mesmo, terrivelmente cansativo, todo dia procurar por uma verdade, e só encontrar mentiras de todas as espécies, gêneros e graus.
Há pouco a vida quase parecia doce, havia um par, um par de pés para tocar os seus embaixo da coberta, uma mão pra segurar com carinho, você bravamente aceitando um amor, e fazendo por merece-lo, trabalhando com afinco e dedicação, talvez a primeira coisa nobre que você tenha feito em anos nesta atmosfera passional, e no entanto, tudo parece uma grande mentira, uma farsa grotesca, uma
piada que vai ficando pior e pior cada vez que é contada... E quanto mais você se esforça por ser melhor, quanto mais carinho e amor você dispõe, menos se importam contigo! 
E hoje mesmo, pela manhã, lembro de vê-lo chorando tão sentidamente, lembro de vê-lo se humilhando ao telefone, buscando por amor e recebendo como resposta ignorância e mentiras..., lembro do natal que tanto doeu, o ano novo que você engoliu em seco num posto de gasolina completamente sozinho, o carnaval que você estava quase bem mas fraquejou, caiu novamente em mentiras, por sonhar com o amor, querer que ele exista..., vive-lo..., e não há nada de errado nisso, a vida é tua meu amigo, acredite no que você quiser, e deixe os outros livres para fazerem o mesmo!
Estou percebendo que você não está confortável, o que há de errado?
Uma falta de linearidade de pensamento pode ser notada no seu texto, é medo de que irão lê-lo?
Você não escreveu isso pra ninguém, na verdade nem foi você quem escreveu, fui eu, teu amigo, aquele que habita em você, que se preocupa, que lhe quer bem, então foda-se as pessoas todas, elas irão embora, mas nós estaremos aqui!
 E eles não tem a menor noção de quem somos!
E somos maravilhosos!
O que você tem a perder?
A verdade é simples, você está terrivelmente apaixonado, você tinha planos bonitos, viver uma vida mais doce, ter com quem dividir os sonhos, e isso faz falta, a vida é todavia ruim, mas parecia bem menos quando se tinha uma mão pra segurar, um par pra dividir a dor, o amor, o medo, a euforia...
Talvez ainda haja tempo!
Não se abandone, eu preciso muito de você, os dias estão ruins agora, mas reme contra a tempestade, com calma e paciência, paciência sobretudo, lembra?
Conversamos isso meio por cima esta tarde, eu estava te lembrando sobre paciência, sobre manter a calma, sobre aceitar o mal tempo, e navegar o mar revolto com cautela!
Não deixe o barco virar! 
Sinto-me orgulhoso de caminhar ao teu lado, espero rir de tudo isso quando chegar a hora, o mar há de se acalmar, e caso não venha à acontecer, que você se torne-se o maior capitão de tempestade de todos os tempos!

O maior capitão de tempestade de todos os tempos!
O maior capitão de tempestade de todos os tempos!
O maior capitão de tempestade de todos os tempos!
...