domingo, 19 de outubro de 2014

Algum Desgosto Profundo



Nasci Para Chorar

Eu levo a minha vida
Chorando pelo mundo
Talvez até tivesse
Algum desgosto profundo
Procuro na memória
Procuro me lembrar
Mas eu não posso
Nasci para chorar
Se eu vejo uma garota

Olhando para mim
E ela me pergunta
Porque sou tão triste assim
Eu fico sem resposta
Digo adeus e vou-me embora pois é
hora
É hora de chorar
Eu vivo a felicidade procurando
Sempre solidão e a tristeza encontrando

Ás vezes desconfio que a alegria é ilusão
Que o amor não entra no meu coração
Não sei porque razão eu sofro tanto
Desse jeito, as garotas dizem
Que ser triste é meu defeito
Eu quero é ser alegre
Ter alguém para amar
Mas eu não posso
...

0 comentários:

Postar um comentário